17 de Junho de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Penacova recupera “Enterro do Bacalhau”

14 de Abril 2022

O Município de Penacova celebra no sábado o “Enterro do Bacalhau”, um cortejo satírico que foi proibido no Estado Novo e que agora duas associações do concelho procuram recuperar, 90 anos depois da última celebração.

A associação cultural Partículas Soltas e o Coro Vox et Communio retomam assim, precisamente no Sábado de Aleluia, esta festa pagã, que dava voz à sátira e à crítica social.

A tradição consiste num cortejo satírico, no qual populares, “fartos” de 40 dias a comer peixe por altura da Quaresma, decidem julgar o bacalhau (o peixe mais comido) e condená-lo à morte, explicou à Lusa a diretora artística da Partículas Soltas, Sandra Henriques, que contou que a ideia surgiu depois de ter visto num jornal local crónicas do professor e profundo conhecedor da história de Penacova, David Almeida, que falava sobre o “Enterro do Bacalhau”. Decidiu então investigar mais sobre o assunto e apercebeu-se que a tradição tinha sido interrompida em Penacova em 1932, por imposição do Estado Novo.

“Achámos que 90 anos depois já era tempo de se sair para a rua e brincar com isto”, sublinhou, referindo que estarão cerca de 50 pessoas envolvidas nesta encenação. O cortejo inicial sair de junto da Câmara, pelas 16h00, com um caixão enfeitado com cebolas e alhos.

“Depois, há o julgamento, em que recuperamos textos antigos, escritos em quadra, em que se condena o bacalhau porque cheira mal, porque vai sempre parar ao prato das pessoas. Há também quem defenda o bacalhau e quem chore por ele, como é o caso da Quaresma, do alho ou do azeite, mas o próprio tribunal quer condená-lo – é um tribunal pouco imparcial”, contou Sandra Henriques.

Após a condenação, segue-se um cortejo fúnebre, com o bacalhau a ser sepultado junto ao Cruzeiro de Penacova, acompanhado de um coro que vai fazer as vezes das carpideiras.

Sandra Henriques disse esperar que no futuro outras associações e pessoas de Penacova se juntem ao “Enterro do Bacalhau” para o ajudar a crescer.

 


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM