29 de Janeiro de 2023 | Coimbra
PUBLICIDADE

Penacova aprova orçamento de 17 milhões para 2023

6 de Dezembro 2022

O executivo da Câmara de Penacova aprovou a proposta de orçamento para 2023, no valor de 17 milhões de euros e marcado pela “contenção e rigor”, com os votos a favor do PSD e contra do PS.

“O orçamento para 2023 será de contenção e rigor, mas não compromete a estratégia de desenvolvimento traçada para o concelho”, afirmou o presidente da Câmara de Penacova, Álvaro Coimbra.

O executivo camarário, liderado pelo PSD, viu a proposta ser aprovada na reunião extraordinária que decorreu na quarta-feira.

“Com um valor um pouco acima dos 17 milhões de euros, o orçamento municipal para 2023 é fortemente marcado pela conjuntura económica (tendência inflacionista) e pela necessidade de acomodar o forte aumento da eletricidade, gás, combustíveis e matérias-primas, tendo este último fator reflexo significativo no aumento das empreitadas em curso”, referiu o Município, que recentemente teve de contrair um empréstimo de quase um milhão de euros para dar resposta à revisão de preços de várias empreitadas.

Esta proposta, num montante inferior em cerca de dois milhões de euros ao orçamento deste ano, é, para Álvaro Coimbra, “um exercício económico exigente e, ao mesmo tempo, desafiante, marcado pelo clima de incerteza provocado pelo conflito na Ucrânia”.

“Por outro lado, as transferências do Estado não acompanham a tendência de subida dos custos associados à aquisição de bens e serviços, remunerações, etc.”, realçou.

Apesar disso, a proposta de orçamento para 2023 prevê vários projetos no concelho, como a requalificação do centro de saúde de Penacova, com candidatura já submetida ao Programa de Recuperação e Resiliência (PRR), num valor aproximado de um milhão de euros, o programa de recuperação do setor da habitação ou a musealização da Casa das Artes Martins da Costa.

Projetos na área do ambiente e floresta, conversão de antigas escolas primárias para alojamento temporário, apoio a refugiados e a modernização do auditório municipal são algumas das propostas presentes no documento.

“A chegada do novo quadro comunitário, o PT2030, alimenta a esperança de poder alavancar outros projetos em áreas como as infraestruturas, educação, saúde e turismo”, frisou a autarquia, que irá manter em 0,3% a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a derrama e a taxa municipal de direitos de passagem em 0%.

A proposta terá agora de ser submetida à votação da Assembleia Municipal de Penacova, onde o PS tem a maioria e preside a este órgão local.

 


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM