1 de Outubro de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

SANSÃO COELHO

Pedro e Inês, ternos e eternos namorados

14 de Fevereiro 2020

O Dia de São Valentim que hoje assinalamos é há muito considerado o DIA DOS NAMORADOS para afirmar e reafirmar amor e união. Não faltaram propostas amplas para os namorados celebrarem este dia com a óbvia componente comercial: de refeições com afrodisíacos a noites românticas em hotéis de charme, uma panóplia de bombons e flores. O AMOR É LINDO! A nossa COIMBRA devia aproveitar este DIA para celebrar o AMOR e os AMORES DE PEDRO E INÊS. Estes acabaram em tragédia e haverá substanciais diferenças entre os veros factos históricos e a lenda. É certo que tiveram quatro filhos. E é iniludível que para evitar uma remota perda de independência Dona INÊS DE CASTRO pagou com a vida a sua PAIXÃO por D. PEDRO. Talvez D. PEDRO a tenha seduzido inebriado pela beleza da Colo de Garça. Cabelos loiros, pele alva, olhos garços mais esverdeados do que azuis, formosura intensa. O futuro REI até a confundiu, no séquito, à chegada, com Dona CONSTANÇA que veio para ser sua esposa. A história é conhecida. D. Pedro quando subiu ao trono e nunca se tendo recomposto da perda da sua amada foi implacável com dois dos três carrascos que tiveram para o macabro ato augusto beneplácito régio de seu Pai, D. Afonso IV. Pedro, já rei, anunciou ter casado secretamente com D. INÊS mandando coroar a Bela Dama, então cadáver, e obrigou a que todos lhe beijassem a mão. No que tem de trágico e tétrico a HISTÓRIA tem equivalente em ÊXTASE, PAIXÃO ILIMITADA. É O AMOR… um amor total, de plena fusão, para além da Vida, para além da Morte, em INFINITUDE. Este é o AMOR. O AMOR DE PEDRO pela sua INÊS, dama nobre que terá nascido, aqui em cima, na Galiza, há SETECENTOS ANOS, presumindo-se 1320. COIMBRA AINDA É CAPITAL DO AMOR EM PORTUGAL. COIMBRA é para o mundo uma cidade narrada pelos AMORES DE PEDRO E INÊS em livros, filmes, peças de teatro, ópera, pintura, escultura. Coimbra tem que ser a cidade central para os namorados comemorarem hoje e no futuro os seus AMORES e em concreto o DIA DOS NAMORADOS. Hoje, contudo, venho sugerir aos leitores que subscrevam este pedido simples: UMA ESCULTURA DEDICADA AO AMOR, A COIMBRA “CAPITAL DO AMOR” E TAMBÉM A PEDRO E INÊS NA ROTUNDA DE ACESSO AO CHOUPAL NO BOLÃO, para além de um conjunto escultórico inesiano que temos na Rotunda das Lages.

Neste Dia dos Namorados AMOR É… AMAR COMO AMARAM PEDRO E INÊS. AMOR É… AMAR PERDIDAMENTE, APAIXONADA E SEMPITERNAMENTE… ESTA BELÍSSIMA COIMBRA AINDA CAPITAL DO AMOR EM PORTUGAL. Sem arrufos! Beijinhos… delicodoces… e em forma de coração.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM