22 de Agosto de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

Nove propostas concorrem ao OP da UF de Coimbra

7 de Setembro 2018

Nove propostas concorrem ao Orçamento Participativo (OP) da União de Freguesias (UF) de Coimbra, um número que o executivo, liderado por João Francisco Campos, considera bastante significativo.

A participação “ultrapassa largamente as nossas expectativas tendo em conta o que tem vindo a acontecer noutros locais e mostra que a cidade de Coimbra tem a sorte de ter pessoas que se interessam pelo bem estar público e participam ativamente”, realça o presidente.

As nove propostas foram apresentadas publicamente na semana passada, na quinta feira, pelos próprios proponentes. “A quantidade de propostas nem é o melhor. A qualidade das propostas e a sua capacidade para efetivamente fazerem muito com pouco é grande e confirma o que este executivo sempre pensou e disse: temos de continuar a ouvir para quem nós trabalhamos”, explica João Francisco Campos.

Esta é a primeira edição do OP dinamizada por esta UF que disponibiliza cinco mil euros para ser aplicado no projeto vencedor, podendo ser mais do que um, dependendo do seu orçamento.

“Uma Página sobre a Baixa”, apresentada por António Quintans, é uma das nove propostas apresentadas. Sugere a publicação de uma página sobre a Baixa num dos jornais da cidade (a designar posteriormente).

“Projeto SolidariaMente”, da autoria de Maria João Varela, é outra das propostas. Aposta na promoção da saúde mental através de uma maior proximidade ao outro, prestando apoio a jovens, adultos e idosos.

Pedro Ferreira propõe a “Edição de um CD” audio que tem como objetivo recolher e criar uma nova abordagem aos temas que popularizam o património musical intimamente ligado à história dos bairros.

“Cheque animal UFC” é a proposta de Teresa Arsénio que pretende criar um cheque destinando à esterilização, identificação eletrónica e vacinação antirrábica de animais de famílias carenciadas e animais de rua.

Um “Mercado de Inverno WIF” é o que propõe Diogo Valente. Com esta proposta, pretende realizar um “Mercado Tradicional de Rua”, no Mercado do Calhabé, que dê a conhecer marcas e produtos dos expositores envolvidos com desfile de moda e espetáculo musical.

Flávia Fonseca sugere a “Implementação de Programa DAE na União de Freguesias de Coimbra”, proposta que visa equipar a sede da Junta da UF de Coimbra e a a Escola Secundária de Jaime Cortesão com um Desfibrilhador Automático Externo em cada e dar formação em Suporte Básico de Vida.

A “Promoção do uso da bicicleta” é a proposta de Rui Bandeirinha, através da instalação de lugares de estacionamento na Universidade, junto à Sé Velha, na Portagem e no Parque Verde.

Inês Prazeres propõe “Coimbra, a outra capital de Portugal”, que visa a criação de um livro infantil e mega-posteres para colocar nas salas de aulas sobre factos históricos ocorridos em Coimbra, despertando o interesse e orgulho pela história da cidade. Os livros seriam oferecidos a todos os alunos do 1.º ciclo da União das Freguesias.

“ArtEnergy”, proposta de Cláudia Antunes, visa criar um concurso para que seja feito uma intervenção artística nos armários da EDP existentes numa das vias principais da Pedrulha (Rua 4 de Julho e Rua 1.º de Maio), dar uma nova “vida” a estes elementos, para que também no futuro, este percurso seja o “cartão de visita” deste bairro.

A votação decorre durante todo o mês de setembro, presencialmente, na sede e delegações da União das Freguesias, durante o horário normal de funcionamento.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM