25 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Museu Machado de Castro vence Prémio Acesso Cultura

28 de Junho 2019

O Museu Nacional Machado de Castro venceu o Prémio Acesso Cultura 2019 – Acesso Integrado, que abrange as vertentes física, social e intelectual. De acordo com os textos justificativos do júri, este prémio reconhece a forma como o museu “transformou a responsabilidade legal em identidade própria”, o que “lhe merece distinção e louvor”.

“Com significativo historial de inovação, o Museu Nacional de Machado de Castro é um caso exemplar, onde medidas técnicas e projetos culturais cumprem o objetivo de acesso à cultura consagrado na Declaração Universal dos Direitos Humanos e plasmado na Constituição da República”, sustenta o júri.

Referindo-se ao “longo historial” de projetos de acessibilidade física, intelectual e social, que se complementam ao longo de vários anos, o júri deu como exemplo os dedicados a públicos com deficiência visual, jovens reclusos, pessoas com perturbações cognitivas e cuidadores informais, pessoas sem-abrigo e mulheres em reinserção, e pessoas com perturbações do espetro do autismo.

Promovido pela Acesso Cultura – Associação Cultural, o prémio contou, este ano, com 31 candidaturas, tendo sido aceites 29, que distinguem boas práticas na área da acessibilidade cultural em todo o país. De acordo com a organização, os projetos apresentados nesta edição “foram reveladores de iniciativas dinamizadas em todo o território nacional, que se destacam pela consciência social e pela valorização humanística e comunitária da cultura nas sociedades do presente”.

Na cerimónia de entrega, que decorreu na semana passada, em Lisboa, foram entregues quatro prémios e duas menções honrosas. Para além do prémio do Museu Nacional Machado de Castro, foram ainda entregues o Prémio Acesso Cultura – Acesso Social e Intelectual à Ondamarela (Guimarães), e dois Prémios Acesso Cultura – Acesso Social à Associação de Dança e Desenvolvimento Social de Leiria, pelo projeto “SOMA” (Leiria), e ao Espaço t – Associação para o Apoio à Integração Social e Comunitária, pelo projeto “Palcos para a Inclusão” (Porto). De referir ainda a entrega de duas menções honrosas à Sociedade Artística Musical dos Pousos pelo projeto “Ópera na Prisão” (Leiria), e ao Museu Henrique e Francisco Franco (Funchal), pelas medidas inclusivas.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM