21 de Junho de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Montemor sensibiliza para maus tratos na infância

5 de Abril 2019

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Montemor-o-Velho, em parceria com a Câmara Municipal, associa-se à iniciativa Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância e Juventude, que vai decorrer durante todo o mês a nível nacional e que visa sensibilizar a comunidade para esta realidade.

“Serei o que me deres… que seja amor” é o tema escolhido para este ano. Em Montemor-o-Velho o programa abriu na segunda feira, com a colocação de uma faixa vertical na fachada do edifício dos Paços do Concelho. “Este é um ato simbólico que pretende despertar consciências, mas também que sirva para alertar para a problemática dos maus -tratos na infância e na juventude. Espero que, num futuro muito próximo, este seja um assunto sobre o qual deixe de fazer sentido falar-se. Significaria que todos nós teríamos conseguido crescer enquanto sociedade e que teríamos sido capazes de defender aqueles que muitas vezes não têm voz”, disse, na ocasião, Paula Rama, vereadora e presidente da CPCJ de Montemor-o-Velho.

No âmbito desta iniciativa serão ainda dinamizadas outras iniciativas ao longo do mês, sendo de destacar os simulacros de Operação STOP, com a colaboração da Escola Segura de Montemor-o-Velho, no dia 26, nas Faíscas, Freguesia de Arazede, e a construção de um Laço Azul Humano, no dia 30, às 14h00, na Praça da República, no centro da vila.

No âmbito desta ação foram afixados cartazes em vários locais do concelho e estão a ser distribuídos flyers e marcadores de livros com a história do Laço Azul.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM