21 de Junho de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Miranda do Corvo requalifica passadiços da “Volta da Costa”

8 de Março 2019

A Câmara Municipal de Miranda do Corvo vai requalificar os passadiços de madeira localizados na zona ribeirinha, nas margens do Rio Alheda, conhecida por “Volta da Costa”, de forma a corrigir “algumas deficiências” que esta infraestrutura apresenta.

A intervenção já foi consignada e compreende a retirada das peças degradadas de madeira e sua substituição por peças novas, o restauro do mobiliário urbano existente, a reposição da iluminação nos locais onde se encontra degradada e a aplicação de duas demãos de tratamento preventivo em todos os elementos de madeira existentes naquele local.

A cargo da empresa portuguesa Toscca, a intervenção tem um prazo de execução de 90 dias e vai custar 77.941 euros, mais IVA à taxa legal em vigor. De acordo com a memória descritiva da intervenção, as peças danificadas devem ser retiradas sem danificar as restantes; as peças novas devem ser todas em madeira de pinho tratado em autoclave; as novas luminárias têm de ser idênticas às existentes e a empresa deve ter especial atenção no que respeita a acabamentos, principalmente no corrimão e pavimentos, evitando desta forma os riscos de acidentes ou ferimentos a quem vier a utilizar a infraestrutura.

Os passadiços de madeira localizam-se num espaço de Reserva Ecológica, em pleno núcleo histórico da vila de Miranda do Corvo.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM