21 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Mercado de Natal vai animar Praça Heróis do Ultramar em dezembro

26 de Outubro 2018

Coimbra vai ter o seu primeiro Mercado de Natal. A Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais e a União de Freguesias de Coimbra unem-se para promover este evento que promete animar a cidade de 7 a 23 de dezembro. Pioneiro em Coimbra, vai juntar na Praça Heróis do Ultramar dezenas de expositores que vão espalhar a magia da quadra por aquela bela praça da cidade.

Depois de uma primeira tentativa frustrada, o Mercado de Natal vai ser mesmo uma realidade em Coimbra. A intenção da União de Freguesias (UF) de Coimbra era ter realizado já este evento em 2017, na Baixa, mas, como não obteve atempadamente a necessária resposta da Câmara, o evento acabou por ser adiado mas não esquecido.

Apresentado na terça feira, na Praça Heróis do Ultramar, o Mercado de Natal surge agora como uma realização conjunta daquela UF e da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, que partilham também aquela bela praça da cidade.

João Francisco Campos (União de Freguesias de Coimbra) e Francisco Andrade (Junta de Santo António dos Olivais) apresentaram o evento

Trata-se, como sublinhou o presidente da Junta dos Olivais, Francisco Andrade, de “um evento sui generis”, que é já “muito vulgar a nível europeu mas que é pioneiro em Coimbra”. Espera que seja “um acontecimento marcante” para a cidade, um espaço onde abundem os motivos alusivos à quadra e onde se sinta esse desejado espírito natalício.

João Francisco Campos, presidente da UF de Coimbra, enaltece a união destas duas freguesias, que irão partilhar a responsabilidade da organização e funcionamento deste Mercado, salvaguardando ambos os presidentes a preocupação de que seja um evento auto-sustentável e que não acarrete despesa extra para as respetivas juntas.

Cada participante pagará, assim, uma taxa e, nas questões da logística, as duas juntas vão recorrer à “prata da casa”, nomeadamente a nível dos stands para acolher os expositores, material e outros equipamentos necessários, bem como grupos e coletividades que poderão assegurar a componente da animação durante o Mercado.

João Francisco Campos entende que é desta união de esforços que podem resultar grandes eventos, admite que no próximo ano poderão haver “muitas arestas a limar” mas espera que este seja um evento que “vá marcar Coimbra”. Realça que foi feito um convite à Câmara Municipal para se associar a esta realização e deseja que o Mercado de Natal seja um momento de celebração para toda a cidade.

As inscrições abriram na terça feira mas, de acordo com os promotores, há já uma lista significativa de pré-inscritos. O número de expositores presentes poderá chegar aos 40, sendo certo que os visitantes irão encontrar no recinto as mais diversas áreas de atividade, da arte, ao artesanato, gastronomia, entre muitas outras atividades comerciais. Haverá também um carrossel infantil, assegurando assim animação permanente para toda a família. “Vamos ter muitas atrações para que as pessoas possam vir e desfrutar deste espaço emblemático de Coimbra”, assegurou João Francisco Campos, recordando que se trata de uma praça bem localizada, situada num sítio de grande movimento e com estacionamento.

O Mercado de Natal é de acesso gratuito e vai contar também com um vasto programa de animação, que está ainda a ser preparado. Vai funcionar de segunda a quinta feira das 16h00 às 22h00, às sextas das 16h00 às 24h00, aos sábados das 10h00 às 24h00 e aos domingos das 10h00 às 22h00.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM