13 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

CLARA CORREIA

Maria Ermelinda e Rosarinho

12 de Outubro 2018

A Maria Ermelinda e a Rosarinho são amigas há muitos anos… conheceram-se no Colégio da Rainha Santa Isabel quando a Maria Ermelinda ia para o 4.º ano e a Rosarinho ia para o 1.º ano. A Maria Ermelinda chegava da Cumieira, concelho de Penela, e a Rosarinho chegava do Lograssol, concelho da Mealhada. Partilharam ao longo de dois anos, enquanto alunas internas do colégio, o dia-a-dia de vida de estudantes e ali construíram uma amizade para a vida toda.

A Maria Ermelinda e a Rosarinho somam 163 anos de histórias devidas. Hoje, com a ajuda da Rosarinho, irei partilhar com os meus muito queridos leitores 163 segundos dessas mesmas histórias.

A Maria Ermelinda saiu do colégio para ir estudar no Magistério Primário e a Rosarinho lá continuou mais uns anos. A vida profissional da Rosarinho levou-a para Penela e ali, para sua surpresa, viria a (re)encontrar a sua amiga.

A Rosarinho recorda, com um sorriso de luxo, o dia em que, surpreendida, encontrou em Penela a Maria Ermelinda:

– “O que faz aqui?” Perguntou a Rosarinho à Maria Ermelinda.

– “Eu sou daqui”. Respondeu a Maria Ermelinda soltando a sua gargalhada contagiante.

– “Eu trabalho aqui”. Disse a Rosarinho com alegria.

A Maria Ermelinda muito cedo conheceu aquele que seria o seu companheiro de vida, o Dr. António Arnaut. A Rosarinho foi também ao concelho de Penela encontrar o seu amor, o Augusto Correia…

Os meus olhos (quase) ficam mar quando imagino o momento em que o Dr. António Arnaut apresentou a sua esposa ao seu amigo Augusto Correia. O Augusto estava acompanhado pela Rosarinho e para surpresa dos dois penelenses as duas senhoras cumprimentaram-se com uma grande familiaridade. Dois amigos casados com duas amigas?! Feliz coincidência!

O Dr. António Arnaut e o Augusto estiveram em lados opostos na vida política mas sempre ao lado um do outro na amizade. No livro “António Arnaut Biografia”, da autoria de Luís Godinho e Ana Luísa Delgado, o Dr. António Arnaut, refere-se deste modo ao seu amigo de Podentes: “Estou convencido que foi a minha inclusão na candidatura democrática que levou a ANP a convidá-lo (Augusto Correia) para se candidatar pelo Sul de Coimbra, para cobrir esta zona. As nossas relações pessoais nunca foram prejudicadas pelas divergências políticas”. Na sequência daquelas eleições o Augusto Correia viria a deixar a presidência da Câmara Municipal de Penela para ocupar o lugar de deputado na Assembleia Nacional. Uns anos mais tarde, já na década de 80, o Dr. António Arnaut e o Augusto Correia encontraram-se no mesmo lado da vida política…

Há quem diga que ao lado de um grande homem está sempre uma grande mulher. Não sei se é sempre assim mas neste caso não hesito em afirmar que ao lado destes dois grandes senhores (Dr. António Arnaut e Augusto Correia) estiveram sempre duas grandes senhoras… a Maria Ermelinda e a Rosarinho.

(Emocionada, dou vida a este texto uns dias antes de “celebrar” o 90.º aniversário do nascimento do Pai Augusto…).


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM