29 de Setembro de 2022 | Coimbra
PUBLICIDADE

Lousã aposta na teleassistência para combater isolamento

8 de Março 2019

A Câmara Municipal da Lousã está a receber candidaturas para a adesão ao serviço de teleassistência – Projeto 10.000 vidas – definindo, como prioridade, as pessoas idosas ou cidadãos incapacitados, residentes no concelho, em isolamento geográfico ou com fraca rede familiar e de vizinhança ou, ainda, que apresentem uma situação de vulnerabilidade familiar.

Criado no âmbito de um protocolo com a Associação Nacional de Cuidados de Saúde, este projeto funciona na Lousã desde 2015, contando já com algumas dezenas de utilizadores. De acordo com a autarquia, “trata-se de um serviço de apoio inovador e com comprovada fiabilidade, pensado para melhorar a qualidade de vida, saúde, segurança dos seus utilizadores, através de contactos regulares com as entidades parceiras e possibilidade dos utilizadores fazerem ou receberem contactos telefónicos através de telemóveis especialmente concebidos para o efeito”.

Estes dispositivos móveis de teleassistência e de telessaúde abrangem um conjunto de serviços e respostas em situações de urgência, permitindo também a monitorização de indicadores de saúde (medicação, tensão arterial e consultas), bem como a garantia de uma maior segurança (localização GPS) e acompanhamento por parte das instituições.

Com a abertura deste período de candidaturas, a autarquia pretende alargar o seu raio de ação cobrindo eventuais casos que possam não estar devidamente sinalizados pela rede social.

A candidatura deve ser feita no Setor de Desenvolvimento Social e Saúde da Câmara Municipal da Lousã (junto aos CTT) ou pelo telefone 239 990 375.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM