29 de Novembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Jovens mostram excelência da formação profissional em Portugal

27 de Setembro 2019

Os 14 jovens portugueses que participaram, em agosto, no 45.ª Campeonato do Mundo das Profissões – o WorldSkills Kazan 2019, que decorreu na cidade de Kazan, na Rússia, foram reconhecidos, na segunda feira, no Centro de Formação Profissional de Coimbra.

Formandos, formadores, jurados e outros elementos envolvidos neste campeonato marcaram presença nesta cerimónia que serviu para reconhecer, como sublinhou o presidente do Conselho Diretivo do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), António Valadas, “o esforço, perseverança e dedicação” dos 14 jovens que representaram Portugal nesta prova mundial e que, num conjunto de 63 países, colocaram o país na 22.ª posição.

Estamos muito orgulhosos por confirmar que a formação profissional ministrada em Portugal se distingue aos mais variados níveis”, sublinhou, recordando que, em vários países opositores, os jovens são “treinados anos a fio para estes eventos, muitos em mercado de trabalho”.

Portugal esteve representado nesta prova por uma equipa de 14 jovens e 14 jurados que mostraram as suas competências em 12 profissões, juntando-se aos cerca de 1.350 jovens de todo o mundo. A qualidade da sua formação foi reconhecida com sete medalhas de excelência, em seis profissões. Uma delas veio para a região, tendo sido conquistada por André Pedrosa, do Centro de Formação Profissional de Coimbra, em soldadura.

Orgulhoso desta conquista, André Pedrosa considera que é “fruto de muito trabalho e dedicação” e pretende “agora usufruir da aprendizagem” que recebeu, numa área onde a taxa de empregabilidade é de 100 por cento. Com 21 anos, o jovem da Figueira da Foz acabou o curso em 2017 e está no mercado desde essa altura, tendo contado com a colaboração da empresa para participar neste campeonato.

O formador Álvaro Santos tem já larga experiência nestas provas europeias e mundiais. Esta foi a nona vez que levou jovens ao Campeonato do Mundo, onde já conquistou seis medalhas, que se juntam às duas de ouro e uma de prata também conquistadas no Campeonato Europeu das Profissões. “São competições muito exigentes. Há países que treinam anos para esta prova. Termos conquistado esta medalha de excelência, conseguir destacarmo-nos entre os 38 concorrentes neste curso é a prova da excelência da nossa formação”, realçou.

O delegado regional do Centro do IEFP, António Alberto Costa, congratulou-se também com esta conquista e elogiou toda a equipa que representou Portugal. Enalteceu também “a capacidade do Centro de Emprego de atrair jovens para áreas de grande empregabilidade”, bem como “a formação mais vasta que é ministrada”, que vai ao encontro das novas exigências do mercado e da evolução registada em cada setor.

No total, Portugal conquistou sete medalhas de excelência. Na sessão foram entregues medalhas e certificados a todos os participantes. Na região, destaque ainda para a distinção de Selma Silva, do Cearte, na categoria Junior Skills, no Serviço de Mesa e Bar.

De referir que, comparativamente ao último Campeonato do Mundo, que se realizou em Abu Dhabi em 2017, Portugal subiu 22 lugares no ranking mundial, duplicando o número de medalhas. Este 22.º lugar demonstra, como sublinha o IEFP, que a “formação profissional desenvolvida em Portugal, pelos diversos operadores, está cada vez mais alinhada com os padrões de exigência mundial e com os standards definidos pelas empresas”.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM