17 de Abril de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Jazz ao Centro celebra 20 anos com concerto do trio de Aruán Ortiz

28 de Abril 2023

O Jazz ao Centro Clube (JACC) celebra 20 anos de existência com um programa que arranca hoje (28) e prolonga-se até domingo (30). As comemorações incluem um concerto do pianista cubano Aruán Ortiz e espetáculos que procuram assinalar a dinâmica do jazz em Coimbra.

A Sala D. Afonso Henriques, no Convento São Francisco, será o palco para o concerto, no domingo, às 17h00, do trio do músico cubano a residir nos Estados Unidos, que lançou recentemente um disco pela editora suíça Intakt. Aruán Ortiz, que integra as tradições afro-caribenhas no jazz mais vanguardista, vai estar acompanhado pelo contrabaixista Brad Jones e pelo baterista Jeff Ballard.

A comemoração do 20.º aniversário da associação, sediada em Coimbra, tem início hoje (28) com um concerto do Ricardo Toscano Trio, seguindo-se no sábado (29) uma apresentação do quarteto Godua, nos claustros do Colégio da Graça, às 17h00.

“É um concerto de jazz com músicos naturais de Coimbra ou que estudaram em Coimbra e que, entretanto, já se afirmaram como figuras importantes da cena jazzística nacional”, salientou o diretor do JACC, José Miguel Pereira, durante a conferência de imprensa, que decorreu no Salão Brazil, espaço que a associação programa.

Segundo o responsável, o JACC queria “assinalar a dinâmica que Coimbra tem conseguido manter, de formar jovens muito capazes e que depois acabam por sair e fazer carreira fora da cidade”.

A ideia de Coimbra e do seu “potencial de criação” estará também patente no concerto de sábado à noite (29), no Salão Brazil, de uma das primeiras apresentações do novo grupo liderado pelo guitarrista de Coimbra Marcelo dos Reis.

O programa termina no domingo (30), também no Salão Brazil, com um concerto de um quarteto formado por atuais alunos do curso de jazz do Conservatório de Música de Coimbra, que tem tido “um papel importante na dinâmica gerada em torno deste género musical na cidade”, vincou José Miguel Pereira.

Este concerto e o espetáculo no Colégio da Graça serão de entrada gratuita e os restantes terão um custo, que varia entre os sete e os 10 euros.

José Miguel Pereira salientou a atividade do JACC não apenas na programação do Salão Brazil, mas também noutras vertentes, como a edição da Jazz.pt, “única publicação especializada no jazz em Portugal”, ou a editora JACC Records, que conta com um catálogo de 53 discos.

Para o futuro, o diretor da associação realçou o programa (que está já a decorrer e que culmina em 2026) que assinala os 100 anos do edifício, onde o Salão Brazil está instalado, na Baixa de Coimbra, querendo “estabelecer uma relação de participação ativa” com os seus vizinhos.

 


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM