22 de Fevereiro de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Fundação ADFP mobiliza-se para fazer chegar refeições a quem mais precisa

12 de Junho 2020

A Fundação ADFP, perante a crise social desencadeada pela epidemia da Covid-19, mobilizou-se para, em colaboração com o Estado, Segurança Social e autarquias, contribuir para reduzir o sofrimento causado pela pobreza com alimentos e garantindo teto.

Em Miranda do Corvo, a instituição está a distribuir bens alimentares de primeira necessidade a 60 pessoas, tendo como meta, já em agosto, alcançar 80 pessoas. Antes desta situação, eram apoiadas 40 pessoas. Esta distribuição é feita ao abrigo do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas, como instrumento de combate ao sofrimento causado pela pobreza e exclusão social. Para além deste apoio, neste concelho a ADFP, no âmbito da Cantina Social, serve 61 refeições em takeaway, sendo 35 financiadas pela Segurança Social e 26 pela Câmara Municipal.

Na Casa Dignidade, em Coimbra, são servidas diariamente perto de 60 jantares a pessoas em situação de pobreza ou sem-abrigo.

Em maio, com apoio da Câmara Municipal de Coimbra e cooperação da Segurança Social, a Fundação iniciou um serviço de emergência social garantindo dormida a pessoas em situação de sem-abrigo.

A Fundação ADFP tem como cultura investir em pessoas, apostando na sua integração e inclusão social e laboral, como forma de combate à pobreza, não se limitando a uma filosofia caritativa.

“Nesta situação de crise social há necessidade de garantir apoios de emergência que atenuem o sofrimento das vítimas desta catástrofe. O Governo e a sociedade civil não podem esquecer que o objetivo não é a caridade, combatendo a fome, mas sim criar condições de integração social, garantindo saúde, teto e trabalho remunerado”, realça a instituição.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM