16 de Julho de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Freguesia dos Olivais vai criar grupo para apoiar idosos sós e vulneráveis

21 de Janeiro 2022

A Junta e a Comissão Social de Freguesia de Santo António dos Olivais mostram-se preocupadas com os idosos que se encontram em situação de vulnerabilidade e sem suporte familiar, estando por isso a preparar a criação de um grupo de trabalho para concretizar projetos de apoio a esta faixa etária.

O presidente da Junta, Francisco Rodeiro, que também preside à Comissão Social da Freguesia, convocou, na semana passada, os representantes das instituições que integram esta comissão para uma reunião onde, neste seu primeiro encontro, quis dar a conhecer as ideias que o Executivo tem para a área social. Este encontro, que decorreu no auditório da Casa de Santa Zita, serviu também para escolher a Entidade Gestora da Comissão Social para o corrente ano, tendo sido reeleita a Cáritas Diocesana de Coimbra.

Francisco Rodeiro congratula-se com a afluência registada nesta reunião, à qual compareceu “a grande maioria das cerca de 40 entidades” que integram a Comissão Social de Freguesia. Marcou também presença a vereadora da Câmara de Coimbra, Ana Cortêz Vaz, que aceitou o convite para dar a conhecer a este grupo as prioridades da autarquia para as áreas da ação social e da educação.

Uma das maiores preocupações manifestadas neste encontro prende-se com os mais idosos, sobretudo aqueles que se encontram em “situação de vulnerabilidade e sem suporte familiar, institucional ou de vizinhança”, preocupação que foi partilhada por todas as entidades parceiras da Comissão Social.

Depois de ouvir os representantes das instituições, Francisco Rodeiro sugeriu a criação de um grupo de trabalho para concretizar projetos de apoio a esta faixa etária. Desta partilha de opiniões, ficou clara a necessidade de “identificar todos quantos se encontram em situação de isolamento e solidão”. O presidente da Junta e da Comissão Social considera que, para tal, “é vital o envolvimento das instituições com o propósito de transformar a Freguesia de Santo António dos Olivais numa freguesia ainda mais solidária”.

Francisco Rodeiro explica que vai ser criado “um grupo de trabalho”, constituído pela Junta de Freguesia (que assume a coordenação) e por um conjunto de entidades que serão convidadas a participar – a Polícia de Segurança Pública, a Segurança Social, o Centro de Saúde de Celas, o Centro de Acolhimento João Paulo II, a Associação de Bem-Estar, Cultura e Desenvolvimento Social de São Romão, a Cáritas, o CASPAE, o Centro Sócio Cultural de Nossa Senhora de Lurdes e as Conferências Vicentinas”. A este grupo poderão juntar-se depois outros parceiros que atuam nesta área e não integram a Comissão Social de Freguesia mas que possam ser relevantes para este trabalho. A primeira reunião deste grupo está planeada para 3 de fevereiro, durante a manhã, na sede da Junta.

Este grupo, esclarece Francisco Rodeiro, “visa sobretudo fazer a identificação das pessoas idosas, que estão dependentes, que precisam de apoio e que vivem sozinhas, quebrando assim a solidão e o isolamento e prestando-lhes todo o acompanhamento necessário”, como entrega de compras, medicamentos e alimentação ou acompanhando-as ao médico e assegurando transporte.

Francisco Rodeiro explica, contudo, que este grupo atuará só nos casos em que os idosos assim o desejem, “salvaguardando sempre a identidade e os direitos pessoais de cada um”. “Quem não tiver apoio familiar ou institucional, lá estaremos nós na linha da frente para auxiliar no que for necessário. É esse o objetivo deste grupo”, sublinha.

Lembra, também, que “nenhuma instituição pode resolver os problemas sozinha”, daí que seja necessário “capitalizar os recursos e criar uma estrutura mais pequena, dentro da Comissão Social de Freguesia, mas atuante, no sentido de promover uma intervenção concertada no que diz respeito aos mais idosos”.

Esta será, assim, mais uma resposta que a Junta, juntamente com as entidades da Comissão Social de Freguesia, irá assegurar a esta faixa etária.

Entre 200 a 300 seniores nas várias atividades da Junta

Recorde-se que a Junta de Santo António dos Olivais foi pioneira na criação de um amplo conjunto de atividades culturais, sociais, desportivas e de lazer para os seniores da freguesia.

Estas atividades estão a funcionar, apesar de manterem ainda algumas restrições em termos de número, tendo em conta o cenário de pandemia que continua a levantar preocupações e cuidados excecionais.

De acordo com Francisco Rodeiro, são “entre 200 a 300 os seniores que frequentam o chi kung, a hidroginástica, o ioga, o canto, o teatro e os ateliês que funcionam no Centro Social Partilha e Saber Dr. Fausto Correia”.

“As pessoas estavam desejosas de que estas atividades fossem retomadas. Neste momento, ainda não são as 400 habituais mas é já um número muito significativo, tendo em conta que as pessoas também têm, sobretudo nestas idades, alguma relutância em se misturar, apesar de todas as medidas serem tomadas com vista a acautelar a segurança dos participantes”, refere o presidente.

*****

Novo site aproxima Junta dos residentes

A Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais conta agora com um novo site, à qual surge associada também uma nova imagem. De acordo com o presidente, Francisco Rodeiro, estas mudanças visam, “acima de tudo, agilizar procedimentos, tornando mais fácil o contacto do cidadão com a Junta”.

“Com novas funcionalidades, mais interativas, este novo site possibilita que qualquer pessoa possa obter ali informações, deixar sugestões ou reclamações”, explica, assegurando que todas as interações serão analisadas. “Nós responderemos de imediato se estiver ao nosso alcance ou transmitiremos às autoridades se não for da nossa competência”, acrescenta.

Francisco Rodeiro realça que o novo site pretende “garantir a facilidade do acesso do cidadão à atividade da Junta, de forma a que possa conhecer sem qualquer restrição o seu trabalho, as deliberações tomadas, as atas aprovadas, os orçamentos e os eventos que realiza”.

“As pessoas podem interagir connosco de uma maneira fácil e transparente. No fundo, queremos ter uma Junta cada vez mais próxima dos seus residentes”, sublinha.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM