21 de Junho de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Festival da Chanfana começa hoje em 20 restaurantes da Lousã

22 de Fevereiro 2019

O Festival Gastronómico da Chanfana regressa hoje a 20 restaurantes da Lousã, mais dois do que no ano passado. Depois da Mesa Terras da Chanfana ter sido eleita, em 2018, uma das “7 Maravilhas de Portugal”, esta célebre iguaria volta a unir o concelho e a região, até 3 de março, e promete atrair milhares de visitantes ao território.

A 8.ª edição do Festival Gastronómico da Chanfana da Lousã surge, este ano, com uma “expectativa reforçada”. Apresentada na segunda feira, no restaurante Villa Lausana, conta este ano com a adesão de mais dois restaurantes, um crescimento que, como sublinhou o presidente da Câmara, Luís Antunes, reflete o “interesse que estes festivais gastronómicos têm” no concelho.

Apesar do sucesso registado anteriormente, os promotores anteveem que a procura aumente este ano, fruto da promoção e notoriedade obtida com a Mesa Terras da Chanfana, eleita pelos portugueses, em setembro de 2018, como uma das “7 Maravilhas de Portugal à Mesa”.

Luís Antunes recordou que esta candidatura resultou da união das câmaras da Lousã, Miranda do Corvo, Penela e Vila Nova de Poiares e foi apresentada pela Dueceira, uma parceria que é para manter, numa estratégia que tem já definidas várias ações com vista à promoção desta especialidade regional, bem como outros produtos endógenos e tradicionais a ela associados.

Este festival gastronómico – assim como outros que são também promovidos, ao longo do ano, em cada um dos concelhos que fazem parte desta estratégia – aposta, portanto, na valorização deste produto, procurando, através deste famoso prato, atrair mais visitantes. “A nossa expectativa é que a procura irá aumentar porque, claramente, a notoriedade deste produto saiu reforçada com aquele projeto, não só esta iguaria mas todos os produtos associados da chanfana”, realça o autarca.

Luís Antunes espera que durante o festival, de hoje a 3 de março, “o concelho da Lousã reforce a sua atratividade através da gastronomia” e que, seduzidas pelos seus sabores, mais pessoas “venham ao concelho e à região e tirem partido de todas as potencialidades aqui existentes”, contribuindo assim para “ajudar a quebrar a sazonalidade, induzir negócio nos nossos territórios” e, também, para impulsionar outros projetos aí existentes.

Consciente do potencial da gastronomia enquanto fator de mobilização de visitantes e turistas, o autarca da Lousã lembra que é importante conciliar a vertente da tradição com a inovação, sendo esse um desígnio quer do festival quer do projeto Mesa Terras da Chanfana. No seu entender, é importante manter “a identidade e tradição do prato, mas também abrir lugar e criar espaço para a inovação e para diferentes interpretações da chanfana, no sentido de poder criar essa diferenciação e poder dar lugar à criatividade e ao mérito dos empresários da restauração”, sublinha, acrescentando que é esse cariz de “inovação e classificação” que os vários municípios querem evidenciar também em 2021, com a atribuição à Região de Coimbra do título de Região Europeia da Gastronomia.

Luís Antunes realça que “todo este trabalho se conjugará para esse objetivo comum”, continuando os municípios a fazerem uma grande aposta na promoção e valorização da gastronomia. A Lousã tem sido um exemplo nesse setor, realizando anualmente outros festivais gastronómicos, como o do cabrito por altura da Páscoa e os “Sabores de Outono” mais para o final do ano, eventos que dão especial destaque aos produtos endógenos e tradicionais e que atraem ao concelho milhares de visitantes.

Agora é a vez da chanfana ser “rainha” nas mesas dos restaurantes aderentes – O Burgo, Churrasqueira Tó dos Frangos, Sabores da Aldeia, Ti Lena, O Gato, A Viscondessa e Licor Beirão Resto-Bar, Casa Velha, Borges, Adega da Villa, Villa Lausana, São Paulo, Mimosa da Beira, Casa Bacalhau, Estrela Dourada, Taberna Burguesa, Carocha, O Coche, O Pancinhas, Alto do Padrão e Manjar da Deus.

Organizado pelo Município da Lousã em parceria com os restaurantes, este evento conta com os apoios da Associação Empresarial Serra da Lousã, Turismo Centro de Portugal, Aldeias do Xisto, Delta Cafés, Quinta da Foz de Arouce, Licor Beirão, Pastelaria São Silvestre e Lousãmel.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM