16 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Festa do Cinema Francês traz temas do quotidiano ao TAGV

12 de Outubro 2018

As questões do quotidiano e as lutas do dia a dia vão estar em destaque na 19.ª Festa do Cinema Francês de Coimbra. De terça feira a domingo, o Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) acolhe 10 filmes, com temáticas para todo o tipo de público e inspirados em assuntos da vida atual.

Durante a apresentação do evento, Cristina Robalo Cordeiro, diretora da Alliance Française de Coimbra, destacou a diversidade do programa, com atrações especiais para o público infanto-juvenil e muitas comédias e dramas para o público em geral.

Coimbra continua a ter um público fiel para esta Festa e orgulha-se, como sublinhou Cristina Robalo Cordeiro, de ser “a segunda cidade do país com mais público, logo depois de Lisboa”, onde o evento tem uma maior duração e mais filmes em cartaz.

De acordo com o diretor do TAGV, Fernando Matos Oliveira, em Coimbra a Festa tem registado nos últimos anos uma afluência que varia “entre os 3.000 e os 5.000 espetadores”. Espera que “chegue a cada vez mais pessoas” e congratula-se com o facto de estarem já inscritas 1.500 crianças e jovens das escolas da região.

“O programa é feito para olhares múltiplos e diversos, com um traço muito próprio do cinema francês”, disse, assumindo que acolher esta Festa é “um motivo de celebração”, já que se trata do evento de cinema que “mais público atrai ao TAGV”, havendo um “núcleo muito fidelizado” mas também novos espetadores, contribuindo para essa diversidade tanto a qualidade dos filmes em cartaz como a própria “internacionalização do público estudantil de Coimbra”.

A atualidade e diversidade dos temas, assuntos do dia a dia como o amor, a maternidade e a própria vida, são também atrativos deste programa que promete voltar a conquistar o público.

Em Coimbra vão ser exibidos 10 filmes, a grande maioria em ante-estreia. “Le Vent Tourne”, comédia dramática de Bettina Oberli, abre na terça feira, às 21h00, a programação. Segue-se no dia seguinte, às 21h30, “Au Poste!”, comédia de Quentin Dupieux, e na quinta feira “Minga et la Cuillère Cassée”, película de animação de Claye Edou (14h30), e “Sophia”, drama de Meryem Benm’Barek (21h30). Na sexta há também sessão dupla, à mesma hora, com “De Toutes Mes Forces”, comédia dramática (para escolas) de Chad Chenouga, e “Plaire, Aimer et Courir Vite”, comédia dramática de Cristophe Honoré. No sábado, dia 20, são exibidos os filmes “Ernest et Célestine en Hiver”, animação de J. Chheng e J. C. Roger (15h00), e “Nos Batailles”, comédia dramática de Guilhaume Senez (21h30). A Festa encerra no dia 21 com a exibição de “De Toutes Mes Forces” (17h00) e “Diane a les Épaules”, comédia de Fabien Gorgeart (21h30).

Os bilhetes são gratuitos para as escolas. Custam um euro para a comunidade da Alliance Française e três euros para o público em geral.

De referir que a Festa do Cinema Francês decorre em 11 cidades do país. Começou em Lisboa a estende-se a Almada, Coimbra, Aveiro, Porto, Viana do Castelo, Faro, Beja, Leiria, Seixal e termina a 11 de novembro em Setúbal. Durante mais de um mês vão ser exibidos 40 filmes, muitos deles em ante-estreia.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM