2 de Dezembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Fernando de Oliveira é o novo presidente da APCC

25 de Janeiro 2019

Fernando de Oliveira sucede a Antonino Silvestre na presidência da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC). A cerimónia de tomada de posse dos novos corpos sociais para os próximos quatro anos (2019/2022) realizou-se na segunda feira, no Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral, onde os novos dirigentes elogiaram o trabalho realizado pelos seus antecessores e respetivas equipas, ao longo dos 43 anos de vida da associação, e apresentaram os objetivos para o futuro.

“Prometo dar o meu melhor para que consigamos levar a Associação aos seus objetivos. O nosso desígnio é criar todas as condições exigíveis para manter, ou até aumentar, a qualidade da instituição no apoio aos utentes”, afirmou Fernando de Oliveira. O novo presidente lembrou que a APCC é “uma obra muito grande” e convocou todos os membros da atual estrutura para os desafios que se seguem, explicando que neste mundo que “está sempre em permanente mudança e a uma velocidade muito grande” é preciso “estar constantemente atentos a tudo”.

Filipe de Oliveira sucede a Antonino Silvestre, que liderou a instituição durante sete anos, assumindo agora o cargo de presidente da Assembleia Geral. Este é “um ciclo, que agora se encerra, que me deixou muito honrado pela confiança que em mim foi depositada e que vivi com muita intensidade e muito gosto”, disse o presidente cessante.

Para além do presidente, tomaram ainda posse, para a Direção, Fátima Januário (vice-presidente), José Lopes (secretário), Carlos Barata (tesoureiro), Cristina Soutinho, Margarida Pimenta, Cláudia Oliveira, Bruno Vitória (vogais), Deolindo Pessoa e Beatriz Vicente (suplentes). Já a Assembleia Geral passa a ser constituída por Antonino Silvestre (presidente), Luís Borges (primeiro secretário) e Gil Tavares (segundo secretário). Para o Conselho Fiscal foram empossados Vítor Carvalheiro (presidente), Carlos Condesso, Vítor Barata (vogais), Henrique Martinho e Armanda Januário (suplentes). Para o Conselho Jurisdicional tomaram posse Celeste Nunes (presidente), Ana Cristina Correia (secretária) Rosa Maria Silva (vogal) e António Teixeira e Graça Leitão (suplentes).

Recorde-se que a APCC foi fundada em 1975 e é atualmente uma organização de referência, a nível nacional e internacional, na habilitação e integração plena da pessoa com deficiência e incapacidades, bem como outras em situação de desvantagem. Tem como missão promover a inclusão social e apoia mais de três mil utentes e suas famílias, contando com valências como reabilitação, hipoterapia, musicoterapia, atividades ocupacionais, unidades residenciais, formação profissional e transportes, entre muitas outras.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM