16 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Feira do Pastor e do Queijo convida a visitar Penalva do Castelo

31 de Janeiro 2020

O Município de Penalva do Castelo vai promover, a 8 e 9 de fevereiro, a sua já tradicional Feira do Pastor e do Queijo, um certame que conta este ano com a participação de cerca de 160 expositores e que aposta na promoção dos produtos endógenos da região.

Levar cada vez mais longe o nome de Penalva do Castelo é um dos grandes objetivos da Feira do Pastor e do Queijo. Com 29 anos de história, este certame há muito que ultrapassou os limites do concelho, atraindo milhares de visitantes de toda a região Centro.

Francisco Carvalho, presidente da Câmara de Penalva do Castelo, congratula-se com a projeção que o evento tem vindo a conquistar ao longo dos anos e espera que continue a crescer, dando a conhecer os produtos endógenos da região e, através deles, a contribuir para a cada vez maior promoção deste território em termos turísticos.

Apesar do queijo Serra da Estrela ser a principal “estrela” desta feira, há outros produtos emblemáticos do concelho que vão estar em destaque, como a Maçã de Bravo de Esmolfe e o vinho Dão Penalva do Castelo.

“O nosso objetivo passa por promover sempre esta trilogia de excelência. Apesar de cada um ter o seu ponto alto, acabam por estar sempre interligados”, realça, recordando que esta feira abre o ciclo de certames dedicadas ao queijo que se irão realizar na região. Sublinha, contudo, que, no concelho, têm também grande tradição a Feira do Vinho e do Mercado Rural, que se realiza em agosto, e a Feira da Maçã de Bravo de Esmolfe, que ocorre sempre em outubro.

A estes produtos de eleição juntar-se-ão muitos outros, trazidos ao certame por cerca de 160 expositores. Francisco Carvalho destaca também a presença do artesanato e outros produtos endógenos, como a doçaria, o mel, o azeite, produtos de fumeiro, entre outros. “Será, com certeza, uma feira muito diversificada e atrativa”, assegura, deixando um convite a todos para que aproveitem esse fim de semana de 8 e 9 de fevereiro para visitarem Penalva do Castelo.

“Penalva do Castelo é um território de baixa densidade populacional, temos cerca de 8.000 habitantes mas temos uma trilogia de excelência. Penalva do Castelo tem um microclima que permite produzir aqui o melhor vinho do Dão, produzimos também um dos melhores queijos da Serra da Estrela e temos ainda, apesar de estar fora da época, a Maçã de Bravo de Esmolfe. Portanto, esta é uma excelente oportunidade para os visitantes poderem adquirir estes nossos três produtos endógenos e para nos conhecerem”, desafia.

O autarca sublinha, ainda, que “Penalva do Castelo, à semelhança dos concelhos da Beira Alta, sabe receber muito bem as pessoas que o visitam” e assegura que “ninguém dará por mal empregue” o tempo que dedicar a visitar a feira e este concelho.

O certame vai abrir a 8 de fevereiro, às 10h00, com a receção à ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, e às restantes entidades regionais. O programa vai estender-se pelos dois dias, com a vertente expositiva e um atrativo cartaz de animação. No dia 8 destaque para os concertos de José Malhoa e Artur & Márcia. No dia 9, à tarde, o certame vai ser transmitido em direto pelo programa da TVI, “Somos Portugal” que, segundo Francisco Carvalho, “vai levar Penalva do Castelo aos ‘quatro cantos’ do mundo”, ao mesmo tempo que assegura uma tarde de grande animação a todos os visitantes.

Nos dois dias, sucedem-se ainda as atuações de grupos do concelho, exposições de artesanato e animação de rua. Não vão faltar, ainda, as habituais provas de queijo.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM