16 de Novembro de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

Expofacic continua a inovar para atrair mais público

31 de Maio 2019

Continuar a inovar, ano após ano, tem sido o grande desafio da Expofacic. Absolutamente consolidada e financeiramente sustentável, esta feira/festa volta a apostar num programa diversificado, abrangente e diferenciador que promete voltar a atrair a Cantanhede, de 25 de julho a 4 de agosto, muitos milhares de visitantes.

Zilda Monteiro

Depois do cartaz de espetáculos ter sido divulgado ao longo das últimas semanas, a Comissão Organizadora – Câmara de Cantanhede e INOVA – desvendou agora, na terça feira, as restantes atrações deste evento que é já uma referência a nível nacional e que, este ano, viu a sua qualidade ser reconhecida com dois importantes prémios, um de âmbito mais regional, ao vencer o Prémio Cinco Estrelas Regiões na categoria de “Festas, Feiras e Romarias”, e outro a nível ibérico, ao ser eleito a “Melhor Festividade da Península Ibérica”, no Iberian Festival Awards.

Durante a apresentação da Expofacic, a presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Helena Teodósio, enalteceu estas importantes conquistas, que considera tão valiosas como “responsabilizantes”, uma vez que estes prémios representam também “mais um desafio”, que estimulam a organização a fazer “ainda mais e ainda melhor para corresponder às expetativas dos diferentes públicos alvo, tirando o melhor partido do trabalho e do entusiasmo das pessoas que participam diretamente na organização, sem esquecer o precioso contributo de todas as entidades envolvidas”.

Ciente de que a Expofacic é, antes de mais, “uma grande feira de atividades económicas, a maior do país no seu género”, Helena Teodósio sublinhou que esta é uma área que é preciso valorizar, o que passa não só pela forma como são recebidos os mais de 500 expositores presentes mas também pelo “programa fortemente atrativo e mobilizador”.

Isso passa, como sublinhou também o presidente do Conselho de Administração da INOVA, Idalécio Oliveira, pelo fator inovação, uma preocupação transversal a cada edição e a garantia de que o público encontrará sempre algo de novo quando visita a Expofacic.

Atrações para públicos de todas as idades

Assim, depois de ter lançado já a I Bienal de Arte, que surge associada à também pioneira exposição de Mário Silva, onde os visitantes vão poder conhecer o vasto espólio deixado pelo famoso pintor, a organização anunciou agora mais uma grande exposição dedicada à Força Aérea Portuguesa. Um ano depois do Titanic ter “atracado” em Cantanhede, a cidade prepara-se para receber os aviões. Vão estar no recinto aviões em tamanho real e uma zona de simuladores, numa exposição que deverá atrair muitos visitantes.

Outra das grandes novidades é o “Espaço Gaming”, onde estarão youtubers, jogos de computador, consolas e muitas outras atrações pensadas especialmente para o público mais jovem. Com esta novidade, a Expofacic pretende dar resposta, como explicou Idalécio Oliveira, “à procura que vai surgindo” e às novas “tendências de mercado”, procurando atrair para o certame novos públicos. No seu entender, este novo espaço assume-se como “uma mais valia”, que deverá ter grande sucesso, sendo para manter nos próximos anos.

O Festival Europeu, que vai trazer a Cantanhede jovens de 15 países; dois desfiles de moda, um de cariz solidário e outro da Miss Queen Portugal; um Acampamento Medieval junto ao Picadeiro; e a Praça das Degustações, numa parceria com os produtores da Bairrada e a Superbock, são também novidades que vão enriquecer esta edição e que se juntam às atrações já habituais, onde se destacam os cerca de 630 espaços de exposição, a sempre dinâmica zona das tasquinhas e o atrativo cartaz de espetáculos que, como sublinhou o presidente da INOVA, “vem responder à diversidade do público” que procura a Expofacic.

Com o mesmo lema “Mil Motivos, Um Destino”, o certame, que vai já na 29.ª edição, conta com um orçamento de cerca de 1,6 milhões de euros e continua a apostar em quatro eixos fundamentais – música e entretenimento, negócios, gastronomia e exposições/cultura. Apesar de manter a mesma área, cerca de 95.500 metros quadrados, há este ano uma renovação na disposição de vários setores, como sucede no caso da educação, que passa para uma tenda no relvado, ficando o espaço anterior reservado para o “Espaço Gaming”.

A organização entende que está tudo preparado para que esta seja mais uma grande Expofacic, evento que volta a contar com o apoio do Turismo Centro de Portugal. Presente na sessão, o presidente desta entidade, Pedro Machado, enalteceu o “sucesso e crescimento sustentado” da Expofacic, considerando que se trata do “maior evento de verão da região Centro e do país”. Espera, por isso, que esta edição seja novamente “uma grande bandeira regional” que aumente a atratividade no Centro do país, região que, como recordou, tem registado um forte crescimento a nível turístico nos últimos anos, crescendo acima da média nacional.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM