27 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Excelência da gastronomia da região Centro reconhecida

20 de Setembro 2018

As Mesas Terras da Chanfana e da Bairrada ao Mondego foram eleitas, no domingo, duas das “7 Maravilhas de Portugal à Mesa”. Os portugueses reconheceram a excelência da gastronomia desta região e elegeram estas duas candidaturas que unem vários municípios e que, a par com a cozinha tradicional, apostam também no património gastronómico, histórico e paisagístico.

Apresentada pela Dueceira – Associação e Desenvolvimento do Ceira e Dueça, a Mesa Terras da Chanfana” envolve os concelhos da Lousã, Miranda do Corvo, Penela e Vila Nova de Poiares. Mais do que uma candidatura a um concurso de televisão, trata-se de um “projeto territorial que une quatro concelhos em torno de um denominador comum, de uma identidade em que os valores patrimoniais gastronómicos se assumem como recursos a preservar e a valorizar e enquanto fatores de atratividade do território, captando o interesse de visitantes e turistas”, realça a Dueceira.

Chanfana, o Queijo do Rabaçal DOP, o Mel da Serra da Lousã DOP, o Licor Beirão, o Vinho da Quinta de Foz de Arouce, mas também património como o Mosteiro de Santa Maria de Semide e os Trilhos da Natureza da Serra da Lousã integravam esta candidatura.

Luís Antunes, presidente da Dueceira e também da Câmara da Lousã, considera que esta “é a vitória do trabalho conjunto deste território que, em torno da gastronomia e mais especificamente da chanfana, conseguiu promover uma candidatura vitoriosa e identitários dos quatro concelhos”. Considera também que “esta é uma importante forma de promoção deste destino e de valorização dos seus produtos”, reafirmando a intenção de continuaram a trabalhar no sentido de “rentabilizar esta distinção”.

Promovida pela AD ELO – Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego, a candidatura Mesa da Bairrada ao Mondego une seis municípios – Cantanhede, Figueira da Foz, Mealhada, Mira, Montemor-o-Velho e Penacova – e aposta em “sete patrimónios”, nomeadamente Sardinha na Telha (petiscos), Arroz (Carolino do Baixo Mondego) de Lampreia (peixe e mariscos), Leitão à Bairrada (carne e caça), Espumante Branco Bruto Marquês de Marialva Baga Blanc de Noir 2015 (espumantes), Vinho Tinto Marquês de Marialva Baga Reserva 2014 (tintos), Castelo de Montemor-o-Velho (património histórico, cultural e natural) e o Bussaco/Luso (experiências únicas).

Na base da candidatura esteve o propósito de apresentar uma proposta gastronómica e patrimonial, reconhecida localmente e por quem visita a região, que representasse um território tão vasto, diverso e rico como o dos seis municípios que vão do Litoral ao Interior serrano.

Estas “Mesas” foram duas das vencedoras do concurso nacional “7 Maravilhas de Portugal à Mesa”. Os portugueses elegeram ainda as “Mesas” de Monção, Lajes do Pico, Vila Real, Albufeira e Mirandela, tendo os vencedores sido conhecidos na grande gala de domingo, que foi transmitida em direto de Albufeira pela RTP.

O Turismo do Centro de Portugal (TCP) congratula-se com este sucesso da região no programa “7 Maravilhas”. “Presto tributo a todos quantos se empenharam para que a Mesa da Bairrada ao Mondego e a Mesa Terras da Chanfana tenham atingido o êxito de serem coroadas 7 Maravilhas de Portugal. O Centro de Portugal está mais rico e mais convidativo com o vosso sucesso! Uma palavra também para a outra finalista da região, a Mesa de Tomar/Templários, que figurou igualmente entre as melhores”, disse o presidente Pedro Machado, visivelmente satisfeito com esta conquista da região e com o reconhecimento dos portugueses.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM