6 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Estatuto Editorial

Estatuto Editorial em dez pontos

(Em cumprimento do disposto no número 4 do artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 85 – C/75, de 26/11)

  1. “O Despertar” viu luz a 2 de Março de 1917. Comemorou o seu 104.º aniversário. É o mais antigo jornal de Coimbra.
  2. Ao longo de toda a sua existência, “O Despertar” tem sido e continuará a ser um jornal de província, sem “a louca veleidade de se abalançar a grandiosas empresas ou arrogar eminentes virtudes”.
  3. Mantendo-se fiel aos princípios dos seus fundadores, procura seguir uma só norma, a da correção.
  4. Independente alheio às fações partidárias, louva tudo quanto entenda merecer louvor e reprova o que lhe pareça merecer reprovação.
  5. É inquestionável não só o carácter republicano que garbosamente continua a ostentar no seu cabeçalho mas também a defesa intransigente dos interesses legítimos de Coimbra – cidade, concelho, distrito e região.
  6. Portador do facho de progresso que lhe foi le­ gado “O Despertar” mantém (bem) viva a chama da determinação e da vontade, honrando as lições de homens dignos que foram grandes timoneiros deste jornal.
  7. Tribuna livre e plural, “O Despertar” reitera expressamente o compromisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou deturpando a informação.
  8. Impregnado dos valores da Liberdade, Igualdade e Justiça Social, declara-se não-confessional e assume como necessária a abordagem dos temas de âmbito de caráter nacional ou internacional com especial relevância na vida dos Povos, sem prejuízo da sua essência regional e regionalista.
  9. Para seguir em frente, na áspera estrada do ver, “O Despertar” precisa, hoje mais do que ontem, do apoio dos seus leitores, assinantes, anunciantes, co­laboradores e amigos – a quem “O Despertar” deve desde sempre a sua sobrevivência, em resultado do crédito de confiança que nunca lhe regatearam, fosse em que circunstância fosse.
  10. Crentes no futuro, como no início, em 1917 eis “O Despertar”,  entrou no seu 104 ano de publicação ininterrupta. Com os olhos postos no futuro mas fiel aos valores dos seus fundadores e continuadores. A Honra e a Dignidade não têm preço, nem hiatos, nem prazos de validade. A Verdade tem hoje – em todas as linhas e páginas do jornal – a mesma forma que teve ontem e a que terá amanhã.

 

FICHA TÉCNICA

Diretora: Zilda Monteiro

SEDE: Rua Adriano Lucas, 216, Fração D Eiras – 3020-430 Coimbra

Redação: Lina Maria Vinhal – CP 6923 Zilda Monteiro – CP 3600 A Diana Baptista CP 6656 A

COLABORADORES: Alda Belo, Alice Luxo, António Inácio Nogueira, Clara Luxo Correia, João Baptista, João Pinho, Joaquim Belisário Borges, Lucinda Ferreira, Manuel Bontempo, Orlando Fernandes, Sansão Coelho, Vasco Francisco

Redação, Assinaturas, Serviços, Administração e Publicidade: Rua Adriano Lucas, 216 Az. D – Eiras 13020-430 Coimbra

Telf. 239 497 750 1 Fax: 239 497 759

E-mail: odespertarjornal@gmail.com

Denominação Social: ANTÓNIO DE SOUSA (HERD.), LDA.

Cont. n.° 502 137 258  Cap. Social: 7.481,97 Euros

Número de Registo ERC: 100117

Gerente e Diretor-Geral: Lino Augusto Vinhal

——————————————————–

ANTÓNIO SOUSA E HERDEIROS, LDA.

ESTRUTURA DO CAPITAL SOCIAL

Relação dos titulares

– Lino Augusto Vinhal: 94%

Participação noutros órgãos de comunicação social:

Rádio Regional do Centro, Lda.: 80%

Rádio Soberania – Empresa de Radiodifusão, Lda.: 90%

Regivoz – Empresa de Comunicação, Lda.: 50%

Sociedade Editora Lafonense, Lda.: 50,92%

Divervouga – Diversões do Vouga, Lda.: 80%

– Miguel Pedro Correia: 2%

– José Joaquim Pedro Correia: 2%

– António Pedro Correia: 2%

FLUXOS FINANCEIROS

Capital próprio: 26 899,44 €

Activo total: 61 704,94 €

Passivo total: 34 805,50 €

Resultados operacionais ou resultados antes de depreciações, gastos de financiamento e impostos: 8 268,91 €

Resultados líquidos: 4 212,90 €

Montantes dos rendimentos totais: 126 586,95 €

Montantes dos passivos totais no balanço: 34 805,50 €

Montantes totais dos passivos contingentes com impacto material nas decisões económicas: Não tem

Relação das pessoas singulares que representem mais de 10% dos rendimentos totais: não tem.

Relação das pessoas singulares ou colectivas que representem mais de 10% da soma do montante total de passivos no balanço e dos passivos contingentes com impacto material nas decisões económicas: não tem.

RESPONSÁVEL PELA ORIENTAÇÃO EDITORIAL E SUPERVISÃO DOS CONTEÚDOS DIFUNDIDOS

Zilda Monteiro

______________________________________________________

REGULAMENTO DE PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS

Com a entrada em vigor do novo regulamento europeu de protecção de dados pessoais a 25 de Maio de 2018, só podemos continuar a comunicar consigo se der o seu consentimento expresso, através da revalidação do seu nome e email.

Dando-nos o seu consentimento, podemos continuar a comunicar consigo, através do marketing digital,  partilhando newsletters, convites para eventos, acções promocionais e outras informações que lhe poderão ser úteis.

Poderá dar-nos o seu consentimento enviando email para odespertar.comercial@gmail.com, no qual revalida o seu nome e email.

POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DE DADOS PESSOAIS E DE PRIVACIDADE

  1. Utilização dos Dados Pessoais, de pessoas singulares:

Os dados pessoais autorizados a tratamento destinam-se à realização de acções de marketing de produtos e serviços comercializados pelo “Jornal O Despertar” – António Sousa e Herdeiros, Lda. Os dados pessoais não serão transmitidos a outros, nem serão utilizados para fins diferentes daqueles consentido.

  1. Finalidade:

            O tratamento dos seus dados pessoais tem os seguintes fins:- fornecer os produtos e prestar os serviços solicitados; – entrar em contacto com o cliente na eventualidade de uma alteração do horário marcado, do prazo de entrega ou outro assunto de interesse para o cliente, inerente à concretização da relação contratual; – utilizar as informações de pagamento do cliente para fins de contabilidade, faturação, controlo e auditoria e para detetar e/ou prevenir situações de incobráveis; – utilizar os dados do cliente para fins administrativos ou legais, nomeadamente a análise estatística e de marketing, teste de sistemas, inquéritos a clientes, manutenção e desenvolvimento ou para tratar de um litígio ou reclamação; – Desenvolver acções de marketing digital, nomeadamente divulgar novos conteúdos e lançar produtos, enviar newsletters, convidar e divulgar eventos ou acções promocionais. Estas acções requerem autorização prévia do cliente, podendo os dados pessoais ser a qualquer momento, e a pedido, limitados, retificados ou removidos.

  1. Responsável pelo tratamento de dados pessoais:

O “Jornal O Despertar” – António Sousa e Herdeiros, Lda é o responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais, por meios automatizados ou não, desde a sua recolha, organização, conservação, até à eliminação.

  1. Contactos:

O “Jornal O Despertar” – António Sousa e Herdeiros, Lda é uma sociedade comercial por quotas, registada na Conservatória do Registo Comercial de Coimbra, pessoa coletiva número 502 137 258, com os seguintes contactos: Rua Adriano Lucas 216, Fração D – Eiras, 3020 – 430 Coimbra; telefone: 239 497 750 e fax: 239 497 759 e e-mail: odespertar.comercial@gmail.com .

  1. Prazo de conservação dos dados:

Conservaremos os seus dados pessoais durante um período de 10 anos, findo o qual, iremos eliminá-los ou destruí-los em segurança. Até lá, os dados serão guardados e conservados até instruções expressas em contrário, ou até que a lei ou decisão judicial transitada em julgado exija a sua eliminação.

  1. Direito de acesso, retificação, apagamento, limitação, oposição e portabilidade dos seus dados:

Tem o direito de, sempre que quiser pedir para:

  • aceder aos dados que nos indicou;
  • rectificar seus dados;
  • apagar dos seus dados;
  • limitar o tratamento dos seus dados;
  • se opor ao tratamento dos seus dados e
  • se proceder à portabilidade dos seus dados para entidade por si indicada.
  1. Direito a reclamar:

Caso considere que os seus dados não estão a ser tratados em conformidade com a legislação aplicável, designadamente europeia e nacional, lembramos que tem o direito de apresentar reclamação a uma autoridade de controlo (https://www.cnpd.pt/bin/duvidas/queixas_frm.aspx).


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM