1 de Dezembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Doces de Coimbra candidatos às “7 Maravilhas de Portugal”

5 de Abril 2019

A Associação de Doceiros de Coimbra (ADOC), a Câmara Municipal e a CoimbraMaisFuturo candidataram alguns doces da região ao concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal”. Entre os participantes destacam-se o Arroz Doce, a Arrufada, o Manjar Branco, os Pastéis de Santa Clara, o Pudim das Clarissas, a Rosa da Rainha e as Talhadas de Príncipe.

De acordo com nota divulgada, a candidatura pretende “promover o reconhecimento e a preservação do património doceiro de excelência do concelho, cuja origem se perde na história conventual de Coimbra e que, ainda hoje, marca presença nas pastelarias da cidade”. Visa ainda, como refere o Município, “valorizar a tradição e a importância económica, social e cultural dos doces de origem coimbrã”. Os promotores esperam ver reconhecido, por todos os portugueses, o património doceiro de Coimbra, pela sua relevância histórica, diversidade e riqueza.

Os doces de Coimbra dividem-se em quatro categorias, nomeadamente “Doces Festivos”, “Doces de Colher e Doces à Fatia”, “Doces de Inovação” e “Doces de Território”. Na primeira categoria serão avaliadas as Arrufadas de Coimbra (uma espécie de pão doce), as Talhadas de Príncipe (fatias das Arrufadas cobertas com doces de ovos e uma calda de açúcar) e o Manjar Branco (peito de galinha, farinha de arroz e flor de laranjeira). Na categoria de “Doces à fatia e colher” estão nomeados o Arroz Doce e as Clarissas de Coimbra (gemas de ovos, açúcar e casca de laranja). Os Pastéis de Santa Clara (recheados com doce de ovos, amêndoas e polvilhado com açúcar pilé) candidatam-se à categoria de “Doces de Território”. A Rosa Rainha (doce de ovos, amêndoa e laranja) é uma criação recente, de 2016, lançada pela Câmara de Coimbra, no ano de celebração dos 500 anos da Beatificação da Rainha Santa Isabel. Este doce estará inserido na categoria de “Doces de Inovação”.

Depois de terminado o período para a apresentação das candidaturas, o concurso segue com a apreciação dos especialistas e a seleção dos melhores doces. Posteriormente, serão apurados os 28 pré-finalistas, que deverão ser conhecidos em duas semifinais, agendadas para os dias 24 e 31 de agosto. Os vencedores das 7 Maravilhas serão conhecidos numa gala, a transmitir pela RTP1, a 7 de setembro.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM