26 de Maio de 2022 | Coimbra
PUBLICIDADE

Dia do Idoso: Região Centro aposta no envelhecimento ativo e saudável

27 de Setembro 2019

Comemora-se na próxima terça feira, 1 de outubro, o Dia Internacional do Idoso, uma data instituída em 1991 pela Organização das Nações Unidas (ONU) que visa sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e para a necessidade de proteger e cuidar da população mais idosa.

Assinalada das mais variadas formas, sobretudo pelas entidades que trabalham mais diretamente com esta faixa etária, esta é uma data que apela também à reflexão para uma realidade que está à vista de todos e que exige mais e novas respostas.

O aumento da esperança média de vida, fruto em parte do próprio avanço registado na saúde nas últimas décadas, levam a sociedade e os responsáveis políticos a olharem para este tema com mais atenção, na certeza de que novos desafios se colocam e novas respostas são necessárias para manter os idosos ativos, saudáveis e com qualidade de vida, valorizando o saber acumulado e mostrando-lhes que continuam a ter um papel importante, tanto na família e como na comunidade onde estão inseridos.

Dados da ONU apontam para a existência de cerca de 700 milhões de pessoas com mais de 60 anos em todo o mundo, número que deverá subir para os dois milhões, mais de 20 por cento da população mundial, até 2050. Portugal não é exceção e regista também números preocupantes, que têm tendência a subir.

Há, contudo, medidas em curso que vão ao encontro das necessidades sentidas por esta faixa etária. De destacar, por exemplo, o facto de a região Centro, representada pelo consórcio Ageing@Coimbra, ter sido reconhecida pela Comissão Europeia como uma das 25 Regiões Europeias de Referência para o Envelhecimento Ativo e Saudável, tendo recebido nota máxima (4 estrelas).

Estas 25 regiões demonstraram a existência de estratégias abrangentes, através de modelos de inovação que envolvem a quádrupla hélice – academia, empresas, autoridades governamentais e sociedade civil – no desenvolvimento e adoção de práticas inovadoras para um envelhecimento ativo e saudável.

Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), sublinha que “na região Centro existe um ecossistema muito dinâmico na área do envelhecimento ativo e saudável, que envolve múltiplos atores e que vai desde a academia, à prestação de cuidados de saúde/sociais até ao empreendedorismo”. Considera que este reconhecimento “dá visibilidade ao que de bom se faz na região, incentiva a que se trabalhe cada vez mais em rede e responsabiliza a região a continuar no caminho de fazer cada vez mais e melhor numa área que nos toca a todos”.

De referir que o consórcio Ageing@Coimbra, que agrega cerca de 80 instituições da região Centro, pretende valorizar o papel do idoso na sociedade e a aplicação de boas práticas em prol do seu bem-estar geral e de um envelhecimento ativo e saudável. Tem como principal objetivo “melhorar a vida dos cidadãos idosos na região através de melhores serviços sociais e cuidados de saúde, assim como da criação de novos produtos e serviços inovadores e o desenvolvimento de novos meios de diagnóstico e terapêuticas”.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM