27 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Cuidados paliativos não são cuidados de fim de vida

4 de Outubro 2018

A Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos (APCP) lança a campanha de sensibilização “Vamos continuar a escrever esta história”, onde alerta para o facto de os cuidados paliativos não serem cuidados de fim de vida. Esta iniciativa tem como objetivo informar e consciencializar para a importância destes cuidados no reforço e garantia da dignidade humana durante o processo de doença.

A campanha surge no âmbito do Mês dos Cuidados Paliativos, que se comemora em outubro, e versa sobre a desmistificação dos cuidados paliativos e dos cuidados paliativos pediátricos como cuidados de fim de vida.

“A campanha pretende elucidar sobre o verdadeiro sentido dos cuidados paliativos na prevenção e alívio do sofrimento, promovendo a melhor qualidade de vida possível para a pessoa e criança doente e sua família, e ainda reconhecer a importância dos cuidadores no processo de doença crónica, complexa e limitante”, explica Duarte Soares, presidente da APCP.

Considera, ainda, que é errado pensar que “estes cuidados só deverão ser aplicados na fase terminal de um doente”. Pelo contrário, entende que “os cuidados paliativos devem ser parte integrante no processo de cura e tratamento de uma doença, desde o seu diagnóstico”, já que, para além do cuidado em saúde, asseguram “estabilidade familiar, social e espiritual”.

“Quando admitimos a necessidade de cuidados paliativos não estamos a desistir da pessoa nem do processo de cura, mas estamos a minimizar o sofrimento, a vários níveis, provocados pela doença”, realça Duarte Soares.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM