1 de Outubro de 2020 | Coimbra
PUBLICIDADE

LUCINDA FERREIRA

Crer para ver!

15 de Novembro 2019

Saber é poder. Mas saber sem fazer, é como não saber. Tudo isto, porque somos tão perfeitos quanto complicados. Vamos lá ver se saímos do círculo que conduz ao abismo. Ao sofrimento. Um ato de confiança dá paz e serenidade.

Hoje, mais do que a dor física, grassa na Humanidade, em mais de 80 por cento, a depressão e a ansiedade, a coisa que mais impede o desenvolvimento pessoal, o crescimento interior, o sucesso em todas as áreas da vida. Antes produz o caos e o sofrimento. A fuga do real! Muitas pessoas não conhecem os motivos. Outras até conhecem, mas entram nesse inferno e demoram a sair…

Clarificando. Qual a razão básica, por que se fica ansioso? Deprimido?Simples, mas implacável. Mente vagabunda. Mente especulativa sempre divagando entre o passado e o futuro sem por vezes até, não saber, como se pode ancorar no presente!

Fuga do presente. Do aqui e agora, num permanente devaneio, aguardando a felicidade. O bem-estar. A realização, no devir distante ou próximo (Só uma advertência: as redes sociais são mestras na causa desse desconcerto!).

Esta postura, sempre numa atitude de espera ligada ao futuro, enegrece mais os dias que muitas vezes já não são rosas, mas são para enfrentar, vencer e ultrapassar, como desafio para todos nós.

Ora as preocupações do que há-de vir, que muitas vezes até nunca acontece, ensombram a capacidade de luta e… zás. Chegam a Senhora dona Ansiedade e Depressão, cheias de poder.

Movidos por uma excitação excessiva, com a ilusão do controle de tudo que acontece, coisa mais impossível para todo o ser à superfície da Terra, tudo piora.

Ansiosos. Angustiados. Tensos. Temores, incertezas tomam agora conta de todas as áreas da vida. Urge sair rápido deste círculo infernal de pânico e grande sofrimento físico, mental e espiritual, ainda que seja neste simples artigo, pois as consequências são terríveis.

Graças a estudos vários, que todos poderão aprofundar, impossíveis de aqui explanar, apontarei a saída para quem assim o desejar. Será algo acessível a todos. Aquieta a mente. Traz o indivíduo para o momento presente. Reduz os sintomas físicos de grande dano para o corpo, pois a ansiedade é o resultado da excitação excessiva do sistema nervoso central provocando consideráveis descargas de cortisol e adrenalina, hormônios do stress, o que ocasiona danos incalculáveis e muita aflição (…).

Ora essa salvadora chama-se MEDITAÇÃO, com um alcance semelhante à medicação com medicamentos antidepressivos, segundo testemunho de notáveis cientistas!

E qual a razão por que funciona? A Meditação provoca a diminuição do funcionamento da amígdala cerebral, estrutura fundamental, responsável por ser o centro identificador dos perigos, gerando alerta com medos e ansiedade e, que quando estimulada no cérebro, defende então a auto preservação. Ora quando se verifica o abaixamento do funcionamento dessa estrutura, os sintomas causados pela ansiedade, stress e medos diminuem e tudo serena.

Qual a razão deste fenómeno? A MEDITAÇÂO torna-nos menos reativos a situações rotineiras que nos trariam grande desconforto físico, emocional, mental e espiritual.

Crer para ver, experimentando, através da meditação, é o desfecho mágico e simples, para esta curta reflexão, a nosso ver.

“Aquilo a que chamamos felicidade consiste na harmonia e na serenidade, na consciência de uma finalidade, numa orientação positiva, convencida e decidida do espírito, ou seja na paz da alma.” – Thomas Mann.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM