16 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Covid: Médicos do Centro e patrocinadores oferecem equipamentos de comunicação

14 de Abril 2020

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), com o patrocínio da Diatosta – Indústria Alimentar, S.A. (Aveiro), Construções J.J.R. & Filhos, S.A (Leiria) e do Rotary Clube da Figueira da Foz, vai apetrechar os centros de saúde com equipamentos de comunicação, num trabalho desenvolvido pelo seu gabinete de Formação Médica, coordenado pela médica de família e docente universitária, Inês Rosendo.

Neste momento particularmente difícil e complexo, face à pandemia Covid-19, a SRCOM está a “atuar em várias frentes para assegurar o melhor apoio aos médicos”. Esta ajuda a nível de equipamentos de telecomunicações, fruto da união e solidariedade destas empresas e do movimento rotário, prende-se com a necessidade urgente de equipamentos para linhas telefónicas diretas para cumprir a norma da Direção-Geral de Saúde que define a triagem de utentes com queixas agudas, bem como o acompanhamento diário aos utentes que estiverem em regime Covid-casa.

No âmbito desta iniciativa, estão disponíveis desde ontem (13 de abril) 135 telemóveis e 150 cartões de dados que, como explica a SRCOM, serão “uma ajuda fundamental prioritária na comunicação entre os utentes e os seus médicos, enfermeiros de família e restantes profissionais envolvidos na resposta aos doentes em vigilância e autocuidados”.

“Para continuar a suprir as necessidades de cartões e equipamentos nas instituições de cuidados de saúde primários, para já a oferta contempla 18 centros de saúde que tinham pedido apoio (14 Unidades de Saúde Familiar e 3 Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados e 1 Área Dedicada Covid-19)”, declara Inês Rosendo. “São equipamentos fundamentais nesta fase. A SRCOM desenvolverá mais diligências neste âmbito para conseguir suprir mais pedidos que nos têm chegado”, afirma ainda a coordenadora do Gabinete de Formação Médica da SRCOM.

Carlos Cortes, presidente da SRCOM, realça, por sua vez, que “graças a esta generosidade de toda a sociedade, a Ordem dos Médicos congratula-se pela melhoria do seguimento diário dos utentes que estão em casa”. Considera que “esta é uma forma de contribuirmos para as soluções tão prementes nesta época”, sendo certo que, “juntos, servimos melhor toda a comunidade”. Carlos Cortes agradece publicamente a generosidade das empresas e instituições. “Esta é mais uma etapa para ajudar a superar as contingências desta pandemia”, sublinha.

Por outro lado, a Ordem dos Médicos continua a desenvolver esforços para avaliar as necessidades a nível nacional. O Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, e a vogal do Conselho Regional do Centro, a médica anestesiologista Inês Mesquita, continuam a receber os contributos dos médicos de todo o país com as necessidades sentidas neste âmbito, uma vez que a telemedicina é uma ferramenta essencial, sobretudo, nesta altura de resposta à pandemia. Decorrem neste momento contactos com as operadoras de telecomunicações, no sentido de suprir as necessidades ainda existentes e cartões SIM. Recorde-se ainda que foi firmado um acordo entre a Secretaria de Estado da Transição Digital, o Ministério da Saúde e a NOS, a ALTICE, a NOWO e a Vodafone que permite ter acesso a mais dados móveis, chamadas de voz e mensagens, no número pessoal de telefone móvel dos profissionais de saúde.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM