24 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Covid-19: Cáritas de Coimbra ajuda a combater isolamento

22 de Abril 2020

A Cáritas Diocesana de Coimbra está a assegurar o acompanhamento dos seus utentes que, com o encerramento dos centros de dia, devido ao estado de emergência, se encontram em casa. De acordo com a instituição, este condicionalismo provocado pela pandemia Covid-19 fez com que 200 idosos tivessem que deixar de usufruir desta resposta, o que obrigou à adoção de outras medidas de apoio.

Destes, 140 não têm retaguarda familiar próxima, pelo que a Cáritas providencia-lhes um serviço alternativo de alimentação e higiene pessoal, assegurando assim também visitas regulares. À distância de uma chamada estão igualmente os colaboradores dos Centros de Dia, que se mantêm contactáveis e que vão efetuando contactos regulares aos seus utentes para saber se estes se encontram bem e com o máximo de conforto possível, assegura a instituição.

As Estruturas Residenciais para Idosos continuaram a funcionar com “cuidados redobrados”, estando os utentes privados de visitas há mais de um mês. Para colmatar este isolamento e diminuir a distância, a Cáritas de Coimbra realocou equipamentos digitais para realizar “visitas virtuais” e manter assim a comunicação entre os utentes e as suas famílias.

De acordo com as técnicas da instituição, estas “visitas virtuais” estão a ser efetuadas “com muita regularidade” em Coimbra, Buarcos, Quiaios, Góis e Pombeiro da Beira. Os familiares foram informados sobre esta nova forma de visitarem os seus familiares e foram disponibilizados números ou e-mails para efetuarem as chamadas. “Esta é uma forma de tranquilizar utentes e famílias e garantir que os utentes recebem afeto ainda que não presencial e sem contacto físico”, realça a Cáritas.

Para além destas medidas, a instituição está também atenta às famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade económica e social, agravada com a pandemia. Assim, através do seu Centro Comunitário de Inserção, lançou duas campanhas que permitirão apoiar 20 famílias já assinaladas, num total de 51 pessoas, incluindo crianças.

Através da campanha “Máscara Solidária”, que consiste na venda de máscaras sociais não cirúrgicas, será possível comprar produtos frescos como iogurtes, carne, peixe, legumes e frutas para as famílias referidas. Paralelamente, também o projeto “Somos Família”, lançado pelo mesmo equipamento social, tem como objetivo angariar famílias da sociedade civil que “adotem” famílias que estão a passar por momentos difíceis e às quais deverão entregar um cabaz por mês, recheado com produtos essenciais.

Com todas estas medidas, a Cáritas pretende garantir que “estas famílias se sintam acompanhadas e que ultrapassem de uma forma mais confortável o período de pandemia”, contando para tal com o apoio da comunidade, fornecedores e empresas.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM