13 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Comerciantes da Baixa reúnem segunda feira já a pensar no Natal

26 de Outubro 2018

Os comerciantes da Baixa de Coimbra vão reunir-se, na segunda feira, às 19h00, no Salão Brazil, para analisar os problemas e desafios da Baixa, fazer uma análise de como correram os meses de verão e começar já a preparar a animação de Natal.

Este encontro é promovido pela Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC) que, como recorda o presidente Vítor Marques, realiza todos os anos duas “reuniões gerais”, uma em fevereiro/março para fazer o balanço do período natalício e outra em outubro para trocarem opiniões sobre como correu a época alta no centro histórico.

“O nosso objetivo é perceber junto dos comerciantes se correu bem ou mal, as expectativas que têm em relação ao futuro e, acima de tudo, perceber o que é que a APBC pode fazer para que a atividade comercial seja ainda mais forte, para que possamos faturar mais ao final de cada dia e de cada mês e fazer face aos nossos compromissos financeiros”, explica Vítor Marques.

Com o Natal a aproximar-se, a APBC quer ouvir os comerciantes, as suas reivindicações, propostas e sugestões que possam contribuir para tornar a Baixa mais dinâmica e atrativa.

O presidente da APBC assume que as “questões financeiras” são o maior condicionalismo da Agência, que “está a atravessar, neste momento, grandes dificuldades de tesouraria”. Tem, contudo, definidas já algumas propostas para as atividades de Natal, que irá apresentar aos comerciantes na reunião de segunda feira, e espera que estes tenham também algumas sugestões para partilhar neste encontro. Vítor Marques apela à apresentação de propostas que “possam ser exequíveis, tanto na sua atividade como na perspetiva financeira”. Espera também que esta seja “uma reunião de comerciantes bastante concorrida, com muitas pessoas, que permita ver os aspetos negativos mas onde apareçam também muitas sugestões para que possamos melhorar não só aquilo que é a missão da APBC mas, acima de tudo, para melhorar a atividade comercial no nosso centro histórico”.

A APBC pretende assegurar, assim, uma boa animação na Baixa de Coimbra nesta quadra festiva que se aproxima, prevendo que o programa natalício deva começar a 24 de novembro.

Desta forma, quer garantir que a Baixa se mantenha atrativa e dinâmica, como tem sucedido nos últimos meses. Vítor Marques considera que este foi um “verão bom”, com a chamada “época alta” a estender-se por vários meses, não se centrando apenas em julho e agosto. “A época alta começou em maio e ainda hoje, quando já estamos em outubro, vamos sentindo grande afluência de turistas nacionais e estrangeiros. Isso é bom para toda a atividade comercial”, realça.

O presidente da APBC assume que este alargamento da época alta o deixa “particularmente satisfeito”, uma vez que o “combate à sazonalidade continua a ser um grande desafio que não podemos esquecer”. Considera que vê-la reduzida a alguns meses é um bom começo mas lembra que ainda há um grande caminho a percorrer, já que os comerciantes têm que fazer face aos seus compromissos todos os meses.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM