29 de Janeiro de 2023 | Coimbra
PUBLICIDADE

Colégios abrem-se à cidade e mostram o seu património através da música

26 de Outubro 2018

Três colégios da Baixa – Graça, S. Pedro e Espírito Santo – abrem hoje as suas portas à cidade e, através do jazz, convidam a descobrir o património que escondem por trás das suas amplas fachadas, prestando também uma homenagem à Rua da Sofia, classificada como património da Humanidade.

É ao som do jazz que chega ao fim mais uma edição das Noites Temáticas da Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC), evento que resulta da união de vários parceiros e que procura trazer mais animação ao centro histórico.

Esta última Noite Temática é promovida em parceria com o Jazz ao Centro Club (JACC) e insere-se nos Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra. O programa de hoje integra três grandes espetáculos, todos com entrada gratuita, num roteiro musical que começa no Colégio Espírito Santo com “Satélite Jazz” (18h00), segue para o Colégio da Graça com “João Mortágua – Holi” (18h45) e termina no Colégio S. Pedro com “Paisiel” (19h30). Mas a animação não termina por aqui e o programa convida todos a passarem este final de tarde e noite no centro histórico, podendo jantar num dos restaurantes da zona e terminar a noite no Salão Brazil, onde podem desfrutar, às 23h00, de mais um espetáculo musical.

Durante a apresentação do programa, que decorreu na segunda feira, no Palácio da Justiça, o presidente da APBC, Vítor Marques, explicou que “foi uma opção deliberada” realizar todos os espetáculos nestes colégios da Rua da Sofia, que “abrem as suas portas à comunidade e que convidam a conhecer a sua riqueza patrimonial”. Destaca também a vasta oferta, que vai para além dos eventos da Noite Temática, como o concerto do quarteto de cordas da Orquestra Clássica do Centro, no Palácio da Justiça (21h00), e o espetáculo de jazz no Convento São Francisco (21h30)

“Temos motivos mais do que suficientes para que as pessoas venham para o centro histórico a partir das 18h00 e que possam ficar por cá, a usufruir de todo este espaço, a passear tranquilamente, a jantar nos restaurantes…”, convida Vítor Marques.

O presidente da APBC desafia também os comerciantes a manterem os seus estabelecimentos abertos até mais tarde ou a assegurarem que estejam iluminados, para que os visitantes “percebam o tipo de produtos que aqui encontram”.

José Miguel Pereira, do JACC, destacou a qualidade do programa que vai trazer a Coimbra “jovens nomes do jazz e música criativa relacionada com o jazz”, em propostas que foram preparadas para “interagir com os vários espaços”, dando assim a conhecer, através da música, a Rua da Sofia e os seus colégios.

Destacou ainda o roteiro gastronómico “A que sabe o jazz”, uma novidade deste festival que conta com a participação de 12 restaurantes da Baixa, proporcionando assim uma maior interação com os estes estabelecimentos que criaram um prato específico para este evento.

A apresentação desta Noite Temática contou ainda com a participação de José Monteiro, da Auto Industrial (que fez um balanço muito positivo e entusiástico da última Noite Temática realizada, dedicada aos enigmas); de Luís Azevedo Mendes, presidente do Tribunal da Relação de Coimbra; de João Rebelo, em representação da Fundação Sophia; e de João Paulino, presidente do Núcleo de Coimbra da Liga dos Combatentes, que sublinharam a importância deste evento e convidaram todos a visitarem hoje os colégios da Rua da Sofia, podendo conhecer assim um pouco mais da história destes espaços e da própria cidade.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM