14 de Outubro de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

Coimbra volta a transformar-se na “capital” da magia

13 de Setembro 2019

Os Encontros Mágicos – Festival de Magia regressam, na terça feira, a Coimbra. Durante seis dias (até dia 22), trazem à cidade 20 mágicos, de 10 países, que asseguram mais de uma centena de espetáculos, que vão decorrer não só nas principais ruas da Baixa mas também em quatro freguesias e uniões de freguesia (UF) do concelho e em locais improváveis, como hospitais e Estabelecimento Prisional.

Coimbra transforma-se, assim, mais uma vez, na “capital” da magia e prepara-se para viver seis dias de pura ilusão. Durante a apresentação do evento, o mágico Luís de Matos recordou o percurso do festival, que conta já com 23 anos de história e que foi pioneiro na área, inspirando outros que entretanto foram surgindo não só em Portugal mas também no mundo. Orgulhoso do sucesso conquistado e do crescimento registado, realça a projeção que continua a ter além fronteiras, o que ajuda a trazer a Coimbra os “melhores mágicos do mundo”.

“Progressivamente, fruto da história e projeção do evento, tornou-se cada vez mais fácil escolher os mágicos que queremos que estejam connosco, porque eles próprios conhecem o festival e têm o desejo de fazer parte dele”, realça, admitindo também que “ao longo dos anos há muitos contactos de artistas a proporem o seu trabalho e querendo vir aos Encontros de Coimbra”.

Esta edição conta com a participação de 20 mágicos, oriundos de 10 países (Alemanha, Austrália, Brasil, Chile, Espanha, Estados Unidos da América, França, Inglaterra, México e Portugal). Destes, 10 estreiam-se em Coimbra e os restantes 10 são “repetentes”, havendo alguns “residentes”, como Luís de Matos, e outros que não vêm à cidade há vários anos.

Luís de Matos assegura muitas atrações e surpresas para estes seis dias e lembra que na magia há sempre algo de novo e surpreendente.

Magia espalha-se pela concelho e região

Promovido pela Câmara de Coimbra e realizado pela Luís de Matos Produções, o programa vai surpreender os transeuntes em vários recantos da Baixa, estendendo-se pela primeira vez ao Terreiro da Erva, com vários espetáculos diários. Volta a sair do perímetro urbano e chega à cidade da Figueira da Foz, onde decorre, já este fim de semana, uma pré-inauguração, com espetáculos amanhã às 10h00, 16h00 e 18h00 e no domingo às 16h00 e às 18h00.

No concelho de Coimbra vai chegar também à UF de Santa Clara e Castelo Viegas (terça, às 17h00), à UF de Antuzede e Vil de Matos (quarta, às 17h00), à UF de Trouxemil e Torre de Vilela (quinta, às 17h00) e à Freguesia de Santo António dos Olivais (sexta, às 17h00). Estende-se ainda, como é tradição, ao Hospital Pediátrico (terça, às 14h30), ao Estabelecimento Prisional (quarta, às 14h30) e ao Instituto Português de Oncologia (quinta, às 14h30).

A todos estes espetáculos juntam-se ainda as duas grandes Galas Internacionais de Magia, que decorrem na sexta feira e no sábado, às 21h30, no Convento São Francisco.

O programa integra também aulas de magia, destinadas às crianças e de frequência gratuita, havendo uma sessão para crianças com necessidades educativas especiais. Outra das atrações continua a ser a “Magia na Escuridão”, de Juan Esteban Varela, um espetáculo para invisuais ou para quem quiser conhecer novas sensações assistindo de olhos vendados.

Há, portanto, muito para apreciar nestes “Encontros Mágicos”. A vereadora da Cultura da Câmara de Coimbra, Carina Gomes, destaca a longevidade do festival, o “mais antigo do país”, bem como a importância que tem para Coimbra e para a região. “Este é o evento de maior impacto e visibilidade internacional que temos a acontecer em Coimbra”, sublinha, acrescentando que essa projeção é ainda mais importante numa altura em que Coimbra prepara a sua candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027.

Toda a programação e informação sobre os espetáculos estão disponíveis no site dos “Encontros Mágicos”. A magia começa na terça feira, às 11h00, na Câmara, com a abertura do festival e daí segue para a rua, onde promete encantar e surpreender o público.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM