18 de Abril de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Coimbra quer residência estudantil na Baixa, mas espera aval do Governo

31 de Março 2023

O presidente da Câmara de Coimbra afirmou que pretende avançar com a construção de uma residência de estudantes na Baixa, tendo apelado ao Ministério das Finanças para desbloquear o processo.

“Estamos preparados para iniciar a construção de uma residência de estudantes na Baixa através do fundo Coimbra Viva, detido maioritariamente pela Câmara de Coimbra, mas estamos desde o ano passado a aguardar uma resposta do Ministério das Finanças para autorizar o Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) a acompanhar o necessário aumento de capital deste fundo”, disse o autarca, que falava durante o período antes da ordem do dia, na reunião do executivo de segunda-feira (27).

Segundo o presidente, o principal esforço financeiro “até cabe à Câmara de Coimbra”, mas não pode avançar sem uma autorização das Finanças para que o IHRU, que participa no fundo, possa acompanhar o “aumento de capital” do Coimbra Viva. “É impressionante a retórica nacional de se querer aumentar as residências de estudantes, a custos controlados, mas quando queremos fazê-lo em Coimbra, o Ministério das Finanças bloqueia a resposta”, criticou o autarca.

José Manuel Silva vincou que o Município não irá “aceitar passivamente que assim seja”, tendo lançado “um forte apelo público ao ministro Fernando Medina para que rapidamente despache a autorização” para o IHRU acompanhar o aumento de capital. “Queremos iniciar o mais rapidamente possível a construção desta residência de estudantes na Baixa da cidade”, frisou.

 


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM