24 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Ciclo celebra música em espaços históricos de Coimbra

1 de Março 2019

“A Cidade Mágica” é o mote para o IV Ciclo de Concertos de Coimbra, evento organizado pela Associação Cultura X, que vai decorrer em vários espaços históricos da cidade de 15 a 17 de março.

Apresentada na terça feira, no Hotel Quinta das Lágrimas, esta iniciativa oferece à cidade oito concertos, cinco dos quais de entrada livre. Ao contrário das outras edições, que decorreram ao logo de três meses, o IV Ciclo vai realizar-se num único fim de semana com concertos diversificados para atrair vários públicos. “Quando potencializamos a cultura estamos a criar uma atmosfera mística e, assim, a despertar, neste caso, a tradição de Coimbra e o conhecimento, porque cultura é conhecimento”, salienta Tiago Nunes, diretor artístico da Associação Cultura X.

As duas primeiras edições tiveram um caráter solidário. Apesar de agora o foco ser maioritariamente artístico, esta vertente continua a não ser descurada, revertendo parte da bilheteira realizada com o concerto de encerramento para apoiar estudantes com necessidades e para Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra,

O programa começa a 15 de março, às 21h30, no Conservatório de Música de Coimbra, com o concerto do pianista Adriano Jordão que completa 50 anos de carreira. Para o músico este é um programa com “um valor mágico” resultado da comemoração da efeméride e da ligação que tem com a cidade.

No dia 16, a programação inicia às 16h00, pelas mãos de Maja Stojanovska e Tiago Nunes, num recital a realizar-se no Hotel Quinta das Lágrimas. Segue-se, às 18h00, no Conservatório, um concerto intitulado “Revisitar Gershwin” pela Orquestra de Sopros de Coimbra. O último concerto da noite tem o tema “Alma de Coimbra” e vai realizar-se às 21h30, também no Conservatório, num fado em homenagem a Amália Rodrigues, dirigido por Augusto Mesquita.

Este fim de semana musicalmente intenso termina no dia 17, com um programa que começa, às 11h00, no Conservatório, com “Música de Câmara” pelos grupos desta escola. Segue-se, às 15h00, um concerto pelas mãos da pianista Inês Filipe, no Museu Nacional Machado de Castro. O terceiro concerto está marcado para as 17h00, num recital de órgão produzido por Paulo Bernardino, na Igreja de Santa Cruz. O Ciclo de Concertos fecha com chave de ouro num concerto do maestro António Vitorino d’ Almeida, às 18h30, no Conservatório. Segundo Tiago Nunes este “não vai ser um concerto nos moldes tradicionais”, será antes um momento de partilha com muita interação com o público.

De acordo com os promotores, este programa pretende intensificar a qualidade da oferta cultural através da atmosfera arquitetónica e musicalidade ímpar que Coimbra tem para oferecer.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM