15 de Junho de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

Celebrações do Dia da Marinha convidam a “atracar” em Coimbra

17 de Maio 2019

O Dia da Marinha está a ser comemorado, pela primeira vez, numa cidade sem mar. As celebrações estão a decorrer, desde sábado, em Coimbra, através de um programa que deverá envolver, até domingo, cerca de mil militares da Marinha Portuguesa.

O Pavilhão Centro de Portugal está transformado no principal ponto de “desembarque”, convidando todos a desfrutar do vasto programa que, ao longo de uma semana, inclui exposições temáticas, atividades náuticas no rio Mondego, concertos da Banda da Armada, entre outras iniciativas gratuitas e abertas a toda a família.

Enquanto o Pavilhão acolhe, até domingo, uma exposição interativa sobre as atividades da Marinha, no exterior, no Parque Verde, os visitantes podem apreciar uma exposição de meios, onde podem realizar batismos de mergulho, experimentar a torre de escalada, tenda de “airsoft”, simuladores de voo e de navegação, ter uma experiência única de realidade virtual, entre outras atividades.

O programa estende-se também à outra margem, à Praça da Canção, onde decorrem várias atividades náuticas no rio Mondego, como batismos de rio nas lanchas anfíbias e embarcações do Instituto de Socorros a Náufragos e da Polícia Marítima.

Hoje, das 9h30 às 18h15, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, vai realizar-se o colóquio “O Mar: Tradições e Desafios” e à noite, a partir das 21h30, a Banda da Armada dá um concerto no Jardim da Sereia, que tem acesso livre. De referir que, ao longo de todo o evento, a Banda surpreende o público com vários momentos musicais, estando previstas atuações hoje, das 10h30 às 11h30 e das 15h30 às 16h30, na Praça 8 de Maio, Rua Ferreira Borges e Largo da Portagem.

Amanhã vai realizar-se, a partir das 15h00, no monumento aos mortos da Grande Guerra 1914/1918, uma homenagem aos conimbricenses que morreram em combate, seguindo-de um novo concerto, às 17h30, no Convento São Francisco.

As comemorações terminam no domingo com a Cerimónia Militar, às 11h00, na Avenida Emídio Navarro, e com a demonstração de capacidades no Rio Mondego, às 12h00.

De referir ainda que as celebrações se estendem também à Figueira da Foz, onde é possível visitar os navios da Marinha atracados no Cais Comercial do Porto da Figueira da Foz e participar em atividades náuticas com batismos de mar.

Neste período festivo, de amanhã a segunda feira, a Marinha disponibiliza acesso gratuito ao seu Museu, ao Aquário Vasco da Gama, à Fragata D. Fernando II e D. Glória, ao Planetário Calouste Gulbenkian e aos vários faróis de Portugal.

Recorde-se que o Dia da Marinha assinala-se a 20 de maio em homenagem ao grande feito de Vasco da Gama que, nesse dia, em 1498, ligou, pela primeira vez na história, por via marítima, a Europa ao Oriente, com a chegada a Calecute, na Índia. Atualmente, a Marinha aproveita para se dar a conhecer melhor aos portugueses, envolvendo-os e convidando-os a participar nas celebrações.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM