19 de Julho de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

Ceirarte afirma-se como a grande festa dos ceirenses

21 de Junho 2019

Artesanato, gastronomia, comércio, desporto e muita animação são alguns dos principais atrativos da Ceirarte – Exposição e Feira de Artesanato, certame que anima Ceira até domingo.

“A Ceirarte é o culminar de um grande ano de atividade das associações da Freguesia. É uma festa que a Junta oferece à população”, sublinhou o presidente Fernando Santos, destacando o grande envolvimento de todos nesta realização que se celebra já há 28 anos.

“Temos praticamente todas as coletividades presentes na feira e todos os lugares da Freguesia estão representados na Ceirarte”, disse, reforçando o grande crescimento que este certame registou nos dois últimos anos, com a mudança da Casa do Povo para o recinto junto à sede da Freguesia, um espaço mais central, mais amplo e por onde passam diariamente centenas de pessoas.

Esta mudança, um “risco” que o executivo assumiu no ano passado, traduziu-se num grande sucesso e permitiu que o número de expositores presentes duplicasse, passando de cerca de 20 na Casa do Povo para 47 nesta edição.

A par com a forte representação no setor do artesanato, com artesãos oriundos de vários pontos do país, é de destacar também a participação de oito tasquinhas dinamizadas pelas coletividades da Freguesia e também a estreia neste evento de seis empresas. Mantendo viva a tradição, os artistas da Freguesia também participam neste certame, onde apresentam o trabalho que desenvolvem, ao longo do ano, nos vários cursos sócio-culturais que são dinamizados em várias localidades de Ceira. De acordo com Fernando Santos, participaram “cerca de 100 pessoas nas sete formações, um número que demonstra bem a importância que estes cursos têm para a população”.

Presente na apresentação do evento, a vereadora da Cultura da Câmara de Coimbra, Carina Gomes, enalteceu o facto de esta feira estar “mais completa e mais atrativa”, sublinhando que a Ceirarte “é um marco importante na programação cultural não apenas de Ceira mas do Município de Coimbra”.

O vereador do Desporto, Carlos Cidade, recordou a longevidade do certame e o seu pioneirismo na época, considerando mesmo que “a Ceirarte tem sido, durante todos estes anos, uma das grandes inspiradoras dos muitos eventos de cariz cultural, em que incluem o artesanato e a gastronomia, que hoje se fazem na grande maioria das freguesias e uniões de freguesia de Coimbra”.

Com mais um dia do que tem sido habitual, a Ceirarte abriu anteontem e prolonga-se até domingo, convidando todos a virem “conhecer a arte e os sabores” desta região. Hoje o programa abre, às 16h00, com a festa de final de ano letivo do Jardim de Infância de Ceira e Escola EB1 de Vendas do Ceira, seguindo-se, às 18h30, um espetáculo com o mágico Telmo Melo. A Ceirarte abre às 19h00 e à noite atuam os grupos “Sons da Terra”, “Cordas Castiças” e “Copo & Bucha”. Há ainda um momento de teatro, “À roda do tempo”.

Amanhã e domingo o certame abre às 15h00. Nestes dois últimos dias o destaque vai para a realização do XXXVIII Festival de Folclore do Grupo Folclórico da Casa do Povo, amanhã, às 21h30, que conta com a participação de cinco grupos. No domingo, às 9h00, começa a IV Caminhada Solidária “O que nos liga”, da Liga Portuguesa Contra o Cancro, seguindo-se, às 11h15, uma aula de zumba. Durante a tarde há animação com Sebastião Antunes (17h00) e Saltimbancos do CPT de Sobral de Ceira (19h00).


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM