8 de Maio de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

CEARTE desenvolve plataforma de formação à distância

19 de Julho 2019

O Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património (CEARTE), em conjunto com outras seis entidades de referência no artesanato e na formação e-Learning, está a desenvolver uma plataforma de formação à distância especificamente direcionada para este setor.

De acordo com o CEARTE, este projeto europeu, desenvolvido no âmbito do “CRAFTS 3.0 – Supporting the transition of handicraft teachers and trainers to the Digital Age”, integrado no “Erasmus+ Cooperation for innovation and the exchange of good practices”, “vai permitir alargar significativamente a oferta de formação em artesanato, possibilitando aos profissionais, em qualquer lugar, ter acesso gratuito a formação, algo que hoje não acontece pela necessidade de um número mínimo de participantes (geralmente, grupos de 15 pessoas)”.

Os parceiros do projeto estiveram recentemente reunidos na Grécia, onde o CEARTE se fez representar pelo diretor, Luís Rocha, e pela técnica de formação, Sandra Moreira.

“Trata-se de um projeto pioneiro pois, em toda a Europa, a transmissão do saber-fazer no setor do artesanato assenta na aprendizagem ‘de mestre artesão para aprendiz’ ou, mais recentemente, na formação profissional organizada e certificada em centros de formação, complementada com formação em contexto de trabalho em empresas/ateliers do setor, como é disso exemplo o CEARTE”, explica o Centro.

Esta nova plataforma, aliada ao Sistema Europeu de Créditos do Ensino e Formação Profissionais (ECVET), às competências das Tecnologias de Informação e Comunicação para formação em artesanato e às inovadoras aplicações de telemóveis para treino de formadores de artesanato, assume-se, assim, como “uma mais valia significativa no futuro da formação em artesanato”. Segundo os promotores, vai permitir que “os processos de aprendizagem se desenvolvam tanto nos espaços físicos de formação, como em ambientes à distância através de recursos tecnológicos sofisticados, como ainda nos contextos reais de trabalho”.

O CEARTE vai desenvolver já em setembro a primeira “ação-piloto”, especificamente direcionada para formadores. Em janeiro de 2020, haverá uma reunião transnacional, em Coimbra, para discutir o alargamento do projeto.

Além do CEARTE, integram este projeto a FOACAL – Federación de Organizaciones Artesanas de Castilla y León (Espanha), o INFODEF – Instituto para el fomento del desarrollo y la formación S.L (Espanha), a RINOVA LIMITED (Inglaterra), a Danmar Computers sp z o.o. (Polónia), o DIMITRA EKPAIDITIKI SIMVILITIKI AE (Grécia), a FUNDATIA TRANSILVANIA TRUST (Roménia) e a INNOQUALITY SYSTEMS LIMITED (Irlanda).


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM