16 de Setembro de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

“Castelo Mágico” vai espalhar magia do Natal pela vila de Montemor

23 de Novembro 2018

O Natal vai ter, este ano, mais magia em Montemor-o-Velho. Depois de dois anos de intensa preparação, o “Castelo Mágico” vai encher o Castelo de alegria, num evento que se quer afirmar como uma referência na região e no país. Durante o mês de dezembro, crianças e adultos são convidados a embarcar nesta “viagem ao sonho de Natal” e a desfrutar de um programa único que explora a identidade e a história deste espaço histórico e de todo o concelho.

O “Castelo Mágico” vai animar o Castelo de Montemor-o-Velho em dezembro, de quinta feira a domingo, entre as 10 e as 20h00. Será um mês de pura magia e diversão, que promete encantar miúdos e graúdos, proporcionando a toda a família uma viagem única ao “sonho de Natal”.

Este projeto resulta de um sonho antigo do presidente da Câmara, Emílio Torrão, que tem vindo a ser preparado ao longo dos últimos dois anos. “É um sonho meu que teve a felicidade de encontrar um conjunto de parceiros que tornam possível esta realização”, explicou o autarca durante a apresentação do evento, realçando que “o Natal é um momento de sonhos e que este não foge à regra”.

Durante um mês, o Castelo de Montemor-o-Velho vai ganhar então uma nova vida, num cenário idílico onde se multiplica a oferta e a diversão para toda a família. Emílio Torrão acredita que este será “um evento único na região Centro e no país”, com uma oferta diferenciadora e que procura “potenciar e explorar a identidade deste espaço”.

Para além do emblemático Castelo, os visitantes vão poder desfrutar do parque temático de Natal e de toda a animação, num programa lúdico, pedagógico e social produzido pela Sociedade Lusa de Espetáculos, que junta a magia do circo Chapitô com atividades de ciência asseguradas pelo Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra.

Espetáculos de arte circense (muitos inspirados em Montemor, no seu Castelo e nas suas personagens históricas), atividades de ciência, passeios de burro e pónei, espaço com animais, atividades radicais, contadores de histórias, música, neve, presépios, a célebre figura do Pai Natal e a Árvore de Natal são algumas das atrações que vão estar no amplo recinto.

Haverá ainda, como destacou Tiago Castelo Branco, da Sociedade Lusa de Espetáculos, uma zona de street food onde não faltarão também os produtos regionais, um “lounge” de Natal onde os pais podem estar e desfrutar de algumas iguarias e “todas as condições necessárias para receber as famílias”, como fraldário, zonas para aquecer a comida e para fazerem a sua refeição, entre outros.

“Queremos que este seja um evento inovador, diferente do que há na região”, disse, sublinhando que “a ideia é que as famílias possam desfrutar de um dia de animação completo no Castelo”. Espera, também, que “a vila possa crescer com o evento”, numa interação com os operadores e comunidade locais, de forma a promoverem todo o território.

Alexandra Espiridião, do Chapitô, deu a conhecer um pouco desta “viagem e do sonho” que marcará este mês natalício. Prometeu “um espetáculo surpreendente”, que vai ligar diversas artes e que trará ao Castelo “algumas personagens conhecidas do concelho”, como as “bruxas de Montemor”.

Catarina Reis, do Exploratório, assegurou também muita diversão e novidades, a começar pela estreia de um planetário móvel, com capacidade para 60 pessoas e onde vão ser exibidos filmes temáticos. Outra das atrações será a exposição sobre a temática natalícia, que proporcionará “experiências de luz e cor” a todos os participantes.

O “Castelo Mágico – Uma viagem ao sonho de Natal” vai envolver cerca de 100 protagonistas e tem um caráter solidário, assegurando que todas as crianças das escolas dos 19 municípios da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra possam ter acesso gratuito a este ambiente mágico. As crianças são também desafiadas a levarem um brinquedo que já não usem e a entregá-lo ao Pai Natal, gesto que lhes dá acesso gratuito ao Exploratório e que vai tornar mais felizes outras crianças, que serão contempladas com estes brinquedos na quadra natalícia.

A adesão do público tem sido surpreendente havendo já, como sublinhou Emílio Torrão, “dias praticamente esgotados”, com as reservas a chegarem de vários pontos do país. Os bilhetes custam três euros para grupos de escolas (mais 0,50 para a visita ao planetário), cinco para crianças dos três aos 12 anos e para maiores de 64 e seis para o público em geral. Todas as informações sobre o evento podem ser consultadas em www.castelomagico.pt.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM