24 de Setembro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

Cantanhede constrói dois campos de padel cobertos

5 de Abril 2019

A Câmara Municipal de Cantanhede já oficializou a consignação da empreitada de construção de dois campos de padel, no âmbito do programa de valorização da rede de equipamentos desportivos. O documento foi assinado pela presidente da autarquia, Helena Teodósio, e pelo representante da empresa adjudicatária.

Os campos de padel cobertos vão ser construídos na área abrangida pelo Parque Municipal de Ténis, junto às Piscinas Municipais, na parte posterior do Parque de S. Mateus. A obra, adjudicada por 164.335 euros, contempla a execução de dois recintos com piso e características que cumprem as exigências técnicas do padel.

“O objetivo é criar condições para dinamizar a prática da modalidade, alargando a oferta de valências da zona desportiva constituída pelo Parque Municipal de Ténis e o complexo das Piscinas Municipais, neste caso com uma estrutura qualificada para um desporto que tem vindo a registar assinável crescimento do número de praticantes a nível nacional e internacional. Por outro lado, o facto de as pistas serem indoor, permite que seja jogado durante todo o ano, inclusive no inverno, altura em que o índice de utilização dos campos de ténis diminui substancialmente”, adiantou a Câmara em nota divulgada.

O plano de valorização da rede de equipamentos desportivos, na qual está inserida esta iniciativa, pretende dar condições para a prática de atividade física e de diversos outros desportos. Neste âmbito, estão em curso os processos relativos às obras do Parque Desportivo de Cantanhede, do Parque Desportivo de Febres, a conclusão do Pavilhão de S. Caetano e, ainda, os vários projetos já candidatados ao Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas.

Intervenção em ruas e passeios

A Câmara Municipal anunciou também que está a realizar obras na Travessa D. Afonso Henriques e na Rua Henrique Barreto, estando concluída a fresagem, fase que se destinou à preparação para a aplicação de um novo tapete betuminoso que só se concluirá após realizadas as obras da INOVA-EM no âmbito da renovação da rede de abastecimento de água. A autarquia realça que “daqui resulta a necessidade de impedir a circulação viária e o estacionamento nos referidos arruamentos ou, pelo menos, o condicionamento do trânsito, situação que será normalizada tão breve quanto possível”.

O Município vai investir ainda mais de 150.000 euros na execução de passeios em Murtede, obra que visa, como explica a Câmara, o reforço das “condições de segurança de circulação dos peões numa estrada que regista diariamente um tráfego de automóveis e camiões particularmente intenso, em virtude de ser o principal acesso do concelho à A1”.

O projeto contempla a construção de passeios paralelos à via e a instalação de um sistema drenagem de águas pluviais, no âmbito de uma intervenção que incidirá essencialmente nos dois extremos da localidade, para dar continuidade às faixas pedonais já existentes. Esta obra visa “reabilitar urbanisticamente um importante troço viário entre os estremos do aglomerado habitacional, proporcionando condições de segurança aos peões com zonas pedonais protegidas e de largura adequada para movimentação de cadeiras de rodas, bem como melhorar a acessibilidade a algumas áreas de serviços como a EB1, a Igreja ou a dinâmica zona de restauração”, explica a autarquia.

A Câmara anunciou ainda, esta quarta feira, que já formalizou a consignação da empreitada relativa à requalificação urbana da envolvente ao Pavilhão de São Caetano. Esta obra, que representa um investimento de 45.316 euros, destina-se a promover a valorização urbanística de uma zona do lugar de Rilhozes que possui expressão pública, beneficiando do facto de estar situada na confluência do recinto desportivo coberto com outros equipamentos coletivos, designadamente o campo de futebol e um parque infantil. Com esta intervenção, a autarquia pretende reforçar a atratividade do lugar, promovendo a integração desses equipamentos através do ordenamento do espaço, melhorando substancialmente a sua imagem formal e as condições de utilização e dotando-o de condições de conforto, segurança e acessibilidade para utentes de todas as gerações.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM