17 de Junho de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Câmara quer afirmar Coimbra como destino turístico atrativo e inovador

1 de Outubro 2023

A apresentação da Estratégia para o Turismo de Coimbra, que foi apresentada na quarta-feira (27), no âmbito do Dia Mundial do Turismo, “marca o ponto de viragem do turismo na cidade”, afirmou a autarquia conimbricense.

O plano, desenvolvido pela Divisão de Turismo da Câmara Municipal de Coimbra em colaboração com uma empresa de consultoria especializada, assenta em 70 ações e atividades organizadas, apostando em cinco eixos estratégicos: Coimbra e Património, Coimbra e Eventos, Comunicação e Promoção, Capacitação e Inovação.

Trata-se de objetivos que, segundo o Município, pretendem “afirmar Coimbra como destino turístico atrativo e inovador, no contexto nacional e internacional”, contribuindo para uma “maior dinâmica e notoriedade” enquanto destino turístico.

A proposta de implementação destas ações assenta em três âmbitos: as que já se encontram em desenvolvimento pela Divisão de Turismo, aquelas cuja implementação está a ser preparada e as que necessitam de apoio e articulação com os agentes económicos e turísticos de Coimbra e de outras entidades.

No primeiro eixo (Coimbra e Património), destaque para a proposta de criação de um cartão único de visitante (“Coimbra Card”), que agregue a oferta turística da cidade (entradas em museus e espaços culturais e experiências de Fado de Coimbra, entre outras). Ainda neste ponto, está a criação de um Museu da História da Cidade, “com recurso à interatividade digital”.

Relativamente ao segundo eixo (Coimbra e Eventos), propõe-se a criação de um espaço de experimentação cultural, musical e artística para novos talentos e integração dos mesmos na agenda cultural da cidade, assim como a aproximação a promotoras nacionais e internacionais para a realização de eventos desportivos, concertos ou outros espetáculos culturais.

No que diz respeito ao terceiro eixo (Comunicação e Promoção), o estudo aponta a necessidade da formação da marca “Coimbra” e o reforço da sinalética com informação turística, assim como a colaboração com influenciadores digitais para promoção do território.

No quarto eixo (Capacitação), uma das propostas apresentadas passa pela criação de programas de voluntariado jovem na época do verão, “onde os participantes colecionam horas de trabalho e trocam por vantagens em eventos ou entradas em espaços”.

Por último, no eixo Inovação, o estudo menciona, entre outras ações, o reforço da qualidade e da cobertura de rede WiFi gratuita da cidade e a candidatura de Coimbra a “European Capital of Smart Tourism – União Europeia”.

No estudo são espelhados como pontos fortes de Coimbra a diversidade e a riqueza do património material e imaterial classificado pela UNESCO, um ecossistema empreendedor “altamente competitivo e ativo” e infraestruturas diversificadas para eventos culturais, desportivos e de entretenimento. Por outro lado, são também indicados aspetos menos positivos. Entre eles estão as dificuldades na criação de novos itinerários e pacotes turísticos, o baixo nível de inovação na experiência turística e a deficiente sinalização e informação turística no contexto urbano.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM