17 de Abril de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Câmara entrega 16 habitações no Bairro de Celas a famílias com baixos recursos

24 de Fevereiro 2023

A Câmara Municipal de Coimbra formalizou na passada quarta-feira (15) contratos de arrendamento que permitem alojar 16 famílias com baixos recursos, sinalizadas pela Divisão de Habitação Social. Dessas habitações, quatro foram entregues a novas famílias, que se encontravam em situação de emergência social, e 12 foram entregues a famílias que já usufruíam de arrendamento social municipal, mas cujas casas foram alvo de reabilitação.
O atual Executivo municipal já efetuou, desde a sua tomada de posse (em outubro de 2021), 44 contratos de arrendamento apoiado e respetivas entregas de chave, referentes a novas habitações ou a reabilitações de habitações municipais onde já habitavam agregados familiares. Esses contratos de arrendamento apoiado dizem respeito a 22 habitações no Bairro de Celas, 13 no Planalto do Ingote, uma na Conchada, uma no Centro de Estágio Habitacional, uma no Centro de Realojamento da Baixa, uma habitação na Sé Velha e cinco em regime de subarrendamento em várias zonas da cidade.
Foram igualmente desenvolvidos, no decorrer do ano de 2022, vários projetos de reabilitação e de intervenção em habitações municipais, em várias zonas da cidade, que se encontram, alguns deles, em fase de conclusão. No Bairro de Celas, está previsto que, durante o segundo trimestre de 2023, se desenvolva o procedimento concursal da empreitada de reabilitação de mais 27 habitações, de tipologia T2 e T3, “com o objetivo de melhorar as condições de habitabilidade dessas habitações, quer a nível construtivo, quer a nível térmico, acústico e de salubridade”, referiu o Município.
“A habitação é um instrumento-chave para a melhoria da qualidade de vida das populações, para a qualificação e atratividade do Município e para a promoção da sua sustentabilidade”, sustentou a autarquia.
Tendo em consideração estes valores, o Município apresentou, na última reunião de Câmara (dia 13 de fevereiro), uma proposta de revisão da Estratégia Local de Habitação (ELH), que tem como principais objetivos “garantir a todos o acesso a uma habitação digna e adequada, definir e programar a intervenção municipal no domínio da habitação e enquadrar as candidaturas a programas de financiamento que promovem soluções habitacionais, com especial enfoque no 1º Direito”.
O Executivo municipal procura, pois, com a revisão da ELH, “o desenvolvimento de projetos nesta área e a construção de novas habitações, encontrar soluções e respostas suscetíveis de configurarem uma política de habitação integrada e que responda eficazmente às necessidades das pessoas e ao ordenamento do território da cidade de Coimbra”.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM