17 de Abril de 2024 | Coimbra
PUBLICIDADE

Assinala-se o 345º aniversário da trasladação do corpo Rainha Santa Isabel

28 de Outubro 2022

A Confraria da Rainha Santa Isabel pretende evocar, neste ano de 2022, a Festa da Titular da sua Igreja e assinalar o 345.º aniversário da dupla trasladação do sagrado corpo de Santa Isabel de Portugal.

A evocação da Festa Titular começou ontem (27) na Igreja da Rainha Santa Isabel, com a Missa de Ação de Graças pela exemplar vida acontecida de Santa Isabel de Portugal. Hoje de manhã (28) vão ser acolhidos, no Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, os participantes da I Jornada Internacional de Estudos Jacobeus, que termina hoje e que teve o apoio da Confraria da Rainha Santa Isabel.

Amanhã (29), pelas 21h30, realiza-se, na Igreja da Rainha Santa Isabel, um concerto musical pela Orquestra Inês de Castro, que interpretará a obra STABAT MATER, de G. B. Pergolesi. Este programa de “Evocação” não altera nenhuma das celebrações religiosas habituais na Igreja da Rainha Santa Isabel, que se mantêm.

Estas celebrações têm como propósito comemorar a trasladação do corpo santo da Rainha Santa Isabel que ocorreu no dia 27 de outubro de 1677, do túmulo de pedra, onde jazia desde 1336, para o túmulo de prata mandado fazer por D. Afonso de Castelo Branco, 41.º Bispo de Coimbra, 6.º Conde de Arganil, que chegou a ser Vice-Rei de Portugal na época em que reinou a Dinastia Filipina. No dia 29 de outubro do mesmo ano ocorreu a segunda transladação do corpo da Rainha, já no túmulo de prata, desde o velho Mosteiro (Santa Clara-a-Velha) para o novo Mosteiro de Santa Clara (Santa Clara-a-Nova). Por esse motivo, a Confraria da Rainha Santa Isabel pretende comemorar a data da “Festa da Titular” da sua Igreja com a maior dignidade.


  • Diretora: Lina Maria Vinhal

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM