24 de Junho de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

“Abril no Feminino” leva cultura a vários espaços de Coimbra

22 de Março 2019

Coimbra acolhe, no próximo mês, o evento “Abril no Feminino”, programa que propõe 16 iniciativas culturais em oito espaços e duas ruas da cidade. Promovido por Margarida Mendes Silva, programadora cultural, esta iniciativa celebra a mulher, enquanto produtora de pensamento, arte e conhecimento.

“É uma proposta de programação em que as mulheres são o pretexto das várias iniciativas que vão ocupar a cidade de Coimbra”, realça.

O programa abre no dia 2, no Museu Nacional de Machado de Castro (MNMC), com a exposição “Num Milionésimo de Segundo”, com ilustrações de Catarina Sobral. Continua no dia 14, no mesmo local, com o lançamento do livro “Coimbra”, também da autoria de Catarina Sobral. Continua com o ciclo de cinema “Como Elas Cantam”, nos dias 3, 11 e 17, no Salão Brazil, dedicado a três “figuras maiores da música” – Janis Joplin, Sarah Vaughan e Violeta Parra.

No dia 4, na Casa da Escrita, o tema “Mulheres na Ciência” abre o ciclo de conversas, que continua no dia 5 com “Mulheres Viajantes”, no dia 8 com “10 mulheres que marcaram a vida de Jesus” e no dia 13 com “Mulheres na Arquitetura”.

A 6 de abril, 12 montras de casas comerciais das ruas Ferreira Borges e Visconde da Luz, na Baixa, recebem a exposição de fotografia de Rita Carmo, intitulada “12 Mulheres, 12 Vozes”. No dia inaugural, às 11h00, realiza-se uma conversa com Rita Carmo, no Café Santa Cruz.

No mesmo dia, às 18h00, a sala São Tomás do Seminário Maior de Coimbra recebe o concerto de música barroca “Cravo(s) e outras flores”, por Cândida Matos (cravo) e a soprano Leonor Barbosa de Melo.

O programa continua no dia 12, na Galeria Santa Clara, com a iniciativa “Pela Mão de Judite”, uma leitura encenada de crónicas e contos da escritora Maria Judite de Carvalho. No dia 14 o MNMC recebe uma visita orientada, intitulada “Três Mulheres Singulares: a Matrona, a Rainha e a Pintora”.

O programa inclui ainda uma sessão de cinema alusiva à revolução de Abril de 1974 – com exibição do filme “Cartas a uma Ditadura”, de Inês de Medeiros, no dia 23, no Teatro da Cerca de São Bernardo. Encerra, no dia 30, com um espetáculo de teatro para a infância denominado “Mulheres Incríveis”, sobre mulheres portuguesas de diferentes tempos históricos, pela companhia Camaleão, na escola básica da Solum Sul.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM