27 de Outubro de 2021 | Coimbra
PUBLICIDADE

A riqueza da informação

27 de Setembro 2018

O acesso à informação é um dos bens mais preciosos dos tempos modernos (embora a capacidade crítica de distinguir o verosímil do falacioso seja também muito importante por via do cada vez maior número de notícias falsas a circular no planeta).

Infelizmente não só muitas pessoas em todo o mundo não têm acesso a uma informação de qualidade como, pior do que isso, muitos milhões de crianças (mais de 120 milhões em 2016) nem sequer têm acesso a um ensino básico, mesmo sem as condições ideais. As desigualdades no acesso ao conhecimento deviam ser uma preocupação prioritária de todos os países mas, lamentavelmente, não o são.

Eis um exemplo de informação importante a que poucos têm tido acesso e que tem a ver com os jovens e o desporto. Em 2015 vários jornais noticiaram que o trabalho de uma equipa de investigadores da Faculdade de Motricidade Humana, da Universidade Técnica de Lisboa (FMH/UTL), permite concluir que “os alunos que fazem exercício físico têm melhores resultados escolares”. Assim, as classificações a disciplinas como a Matemática e a Língua Portuguesa beneficiam da atividade física desenvolvida pelos alunos estudados (cerca de 3000 alunos). Que consequências tem (ou deveria ter) esta informação, veiculada pelos jornais, sobre o comportamento dos portugueses? Muitas: primeiro, os jovens e os seus pais deveriam deixar de considerar “perda de tempo” a dedicação à disciplina de Educação Física; segundo, que os jovens deveriam ter mais atividade física para além das aulas, incluindo passeios e caminhadas ou atividade física regular em clubes desportivos; terceiro, que a dedicação de um jovem a um clube desportivo é uma atividade física e social que tem impacto positivo sobre o seu desempenho académico e por isso deve ser acarinhada por pais e instituições escolares, municipais ou nacionais.

O Despertar”, ao longo dos seus 100 anos de vida, tem desempenhado a nobre missão de informar e formar, cultivando um grande espetro de temas e estilos, dando voz a temas que de outro modo não chegariam ao conhecimento das pessoas. Todos os seus leitores têm aprendido alguma coisa, usufruindo de um bem que infelizmente não é universal.

Em particular “O Despertar” tem noticiado regularmente as atividades do Olivais Futebol Clube levando a muitos lugares a informação dos seus feitos, das suas atividades e dos seus anseios. A direção do Olivais Futebol Clube agradece toda a colaboração prestada e formula os votos de que se publique pelo menos por mais outros 100 anos.

JAIME CARVALHO E SILVA (Presidente do Olivais Futebol Clube)


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM