21 de Abril de 2019 | Coimbra
PUBLICIDADE

AESL defende maior proximidade e melhores acessibilidades

8 de Fevereiro 2019

Estar mais próxima dos associados e contar com mais e melhores acessibilidades são algumas das prioridades da nova direção da Associação Empresarial da Serra da Lousã (AESL).

As eleições para o triénio de 2019-2021 decorreram a 28 de janeiro e os órgãos eleitos apostam num trabalho de continuidade. Na presidência da Direção mantém-se Carlos Alves, da Assembleia Geral continua José Redondo e do Conselho Fiscal Américo Duarte.

“Os órgãos reeleitos abraçam este mandato com a missão de reforçar a posição da AESL enquanto estrutura empresarial forte, coesa e abrangente, empenhada na defesa e promoção dos interesses das empresas e dos seus associados”, realça a Direção em nota divulgada.

Carlos Alves explica que “a grande aposta da AESL será a de aumentar a relação de proximidade com os associados, proporcionando condições para que estes possam dinamizar e potencializar o seu negócio tornando-os assim mais fortes e mais competitivos”.

Outra das apostas assenta nas acessibilidades, uma das lutas que a AESL se propõe travar, juntamente com diversas entidades locais e nacionais, nomeadamente a ligação do IP3 à A13 a sul do Mondego e o Sistema de Mobilidade do Mondego.

“A falta de acessibilidades condiciona fortemente o desenvolvimento e a competitividade das empresas. É um dos obstáculos que tem conduzido a muitos dos problemas do tecido empresarial desta região”, sublinha o presidente.

Atualmente a AESL conta com cerca de 250 sócios e tem como objetivo trabalhar para aumentar significativamente esse número. “É fundamental perceber que quanto maior for a ação coletiva melhores são os resultados para os agentes envolvidos”, sublinha a associação.

Para este ano de 2019, a AESL tem previstas várias realizações, como workshops e sessões informativas e a reedição de eventos como “Lousã Outlet” e “Aqui Há Natal”.

“É para nós muito importante que as empresas se identifiquem com a AESL, com o trabalho que está a ser desenvolvido em prol do setor empresarial. É crucial que os empresários vejam a AESL como um parceiro que caminha lado a lado com os seus interesses”, explica Carlos Alves.

Para uma maior proximidade com as empresas e com os associados e na defesa dos seus interesses e anseios, a AESL procura ter um papel mais ativo em eventos locais, nomeadamente festivais e demonstrações empresariais, reforçando a parceria com os agentes locais. Considera também fulcral manter e reforçar as parcerias nacionais e locais, quer seja com a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, o Conselho Empresarial do Centro, Confederação do Turismo Português, parceiros institucionais ou associações congéneres.


  • Diretora: Zilda Monteiro

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D - Eiras 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM